Zeila Bueno de Bittencourt:  “fiz do amor pela arte o sustento pela vida.”

Em meio a uma série  de  destaques  femininos  apontados  no mês de março, considerado como o “Mês da Mulher”,  um nome lembrado,  que é referência  na arte, é o de Zeila Bueno de Bittencourt.  Curitibana, mãe, ela conciliou o lado pessoal de cuidar da família com sua atividade profissional de marchand. A própria Zeila resume sua vida : “mãe de cinco filhos, fiz do amor pela arte o sustento pela vida.”

Num texto do  jornalista e  professor, Helio Puglielli, ele cita que  “filha da renomada pintora Elba Bueno Bittencourt, Zeila herdou as tendência artísticas da família. É neta de Antonio Correia de Bittencourt, um dos alcaides de Curitiba no século XIX, proprietário de grande engenho de mate que funcionava onde hoje se situa o Círculo Militar (por isso o Largo em frente é denominado Bittencourt). Bisneta, pelo lado materno, do médico alemão Ludwig Morsch e de sua mulher  que foi pianista da casa real da Áustria.  Ou seja, Zeila convive com a arte desde pequena.”

Suas atividades no campo artístico marcaram época nos anos 80, principalmente quando ela destinou, a Curitiba,  um importante  espaço voltado à cultura, batizado Uffizi Galeria de Arte. A inspiração para o nome, segundo Zeila, “é porque tem muito a ver com arte, pois é o nome do Museu, em Florença, que data do século XIII”.

Ao citar  um acontecimento   que mais marcou sua vida profissionalmente,  Zeila relembra  a exposição dos   “Doze Mestres”, que ela realizou em sua galeria, que na época  comemorava um ano de atividade. Na ocasião ela  reuniu consagrados  nomes numa só exposição, com  apoio do então jornal Diário Popular, veículo que já tinha dado o título de “Marchand do Ano”, pela competência de ter marcado época em apenas dois anos.

Conforme seu testemunhal, a exposição  foi considerado um evento histórico em Curitiba. “Tive a oportunidade de  mostrar minha capacidade de fazer um trabalho sério e de qualidade.  Participaram,  na ocasião, artistas como  Aldemir Martins, Darcy Penteado, Eduardo Iglesias, Domício Pedroso, Helena Nikitima, Erick, Luciana Teruz, Marcelo Grossmann, Marysia Portunari, Octávio Araújo, Poty Lazarotto  e Rogério Teruz”, comenta.

Já nos anos 90, quando sua galeria completava doze anos , ela  realizou outro evento inesquecível,  com muito sucesso. Foi uma exposição em homenagem a artistas falecidos, denominada de “Clássicos Imortais. Foram quinze óleos sobre tela, de artistas como Guilherme Matter, Jefferson Cesar, Miguel Bakun, Maria Amélia de Assunção, Ricardo Krueger, Lange de Morretes, dentre outros.

O jornalista paranaense Almir de Lara, num de seus artigos, definiu Zeila Bittencourt como de “uma personalidade forte, perseverante, que adotou critério rígidos para que sua galeria de arte fosse sucesso. Não brincou com a arte, foi séria na sua forma de trabalhar. Muito paranista, prestigiou sempre os artistas da terra. Devagar se vai ao longe, com a arte não se pode ter pressa. Este foi o seu norte”.

Hoje Zeila mantém um escritório de arte, é muito respeitada no meio artístico como “marchand”, atividade que ela salienta ser  muito importante para  relacionamento com artista. “Marchand” é uma palavra de origem francesa,  que em português, quer dizer  mercador  ou seja designa o profissional que negocia obras de arte. A palavra se refere não só àquele que compra e vende objetos artísticos mas também a um tipo de prestador de serviços que atua na divulgação do artista, podendo representá-lo nas relações com as galerias,   colecionadores, museus e assemelhados  e as vezes, adquire obras de arte.        Em  depoimento para a jornalista Iza Zilli, autora da publicação-documento  “Conversa de Mulher”, Zeila  comenta sobre   a atuação da mulher no mundo das galerias de arte: “realmente no comércio das artes a presença feminina predomina. Elas são mais sensíveis do que os homens. A nós foi dado o privilégio  da paciência e da sensibilidade”.

Quanto ao “Mês da Mulher”, quando é comemorado o “Dia Internacional da Mulher”, instituído pela ONU, Zeila Bueno de Bittencourt salienta  que  “não é de hoje que o papel feminino invadiu o campo das artes. Mas, nessa data especial é importante ressaltar que cada vez mais surgem nomes que de algum modo se destacam pela ousadia e história para chegarem onde almejavam ou até mesmo onde nem imaginavam. São mulheres que incentivam o mercado da arte contemporânea brasileira mundo à fora e através de suas expressões contam com muita sensibilidade que existe por traz do olhar feminino”.  Zeila, “é uma mulher de verdade”, como definiu  Dna. Haideê…

“Business lunch” exclusivo para mulheres

As especialistas  abordaram sobre o poder feminino para investir e rentabilizar no mercado financeiro.

Em comemoração ao mês das mulheres, a Allez Invest promoveu um “business lunch” com as especialistas em investimentos: a digital influencer e banker de relacionamento da XP Investimentos, Ana Laura Magalhães, e a profissional responsável pelo relacionamento com investidores da Verde Asset Management, Maria Rita Hilst. O talk aconteceu no dia 21 de março, no Hotel Nomaa. A Allez Invest é uma boutique de soluções de investimentos no Brasil e no exterior. Com sede em Curitiba (PR), é credenciada à XP Investimentos, a maior corretora de valores e títulos mobiliários da América Latina, e oferece um modelo de assessoria financeira exclusiva, compreensiva e completamente personalizada para seletos clientes. No evento exclusivo para mulheres, as especialistas abordaram sobre o poder feminino para investir e rentabilizar no mercado financeiro. Além de informações como os fatores que contribuem para o contexto macroeconômico do Brasil, o posicionamento dos fundos de investimentos dado o cenário atual e as vantagens de se investir em previdência.Uma das dicas que a influencer ofereceu às mulheres durante o evento, foi em relação ao acompanhamento da economia. “Tanto um investidor novato ou alguém que já está há tempos, precisa acompanhar três índices diariamente. Todos os dias o mercado financeiro fecha às 18h, após esse horário é preciso acompanhar como fechou a bolsa brasileira, o dólar e a curva de juros, que é o CDI, o balizador dos investimentos no Brasil”, aconselha Ana Laura. A troca de experiência com as convidadas também celebrou o mês da mulher com um almoço no restaurante oficial do Nomaa, o Nomade, comandado pelo chef Lênin Palhano.

“Chá para Todos” com Gianni Cocchieri

Giulia Piazza;  a gerente executiva da grife, Vânia Cocchieri;  a segunda vice-presidente do Clube Curitibano,  Terezinha Pereira Abagge e Giulia Esmanhotto

O Clube Curitibano promoveu,  recentemente,  o evento  “Chá para Todos” que contou com a presença de 200 pessoas e abriu a temporada de desfiles com a  Gianni Cocchieri. A grife tem características italianas e é reconhecida pela qualidade dos tecidos e design exclusivo. Quem gosta de roupas sofisticadas, que vão do casual chic até vestidos para festas, certamente, acertou na escolha do programa, como no caso da associada Cynthia Braidotti que disse:  “O desfile foi muito lindo. Fiquei por dentro das tendências e adorei todos os vestidos para festa. O Chá já faz parte da minha agenda.”

Com mais de 30 mil associados e 620 funcionários, o Clube Curitibano é um dos maiores clubes da América Latina. São cinco sedes ao total, quatro em Curitiba e uma em Quatro Barras. Ele conta com 44 modalidades esportivas, entre elas futebol, natação, peteca, padel e golfe; e sete atividades culturais, como teatro, dança e arte. Tem destaque esportivo, com atletas que já participaram de campeonatos mundiais e Olimpíadas. Além do esporte, o Clube Curitibano é conhecido pelos seus eventos sociais, como o Baile de Aniversário do clube e o mais antigo e tradicional Baile de Debutantes do Paraná.

Milena Schulmeister, licenciada da “Morar Mais por Menos”

Milena Schulmeister: agora comandando, também, a Mehr Eventos

O empreendedorismo e a inovação correm nas veias da curitibana Milena Schulmeister, licenciada da Morar Mais por Menos na capital paranaense. Desde a sua formatura em Arquitetura e Urbanismo, há 15 anos, ela mostra toda a sua personalidade e determinação à frente de negócios inovadores na cidade. Começando pelo Studio Schulmeister, que abriu após a sua formatura e logo se destacou com projetos ousados e encantadores, ganhando destaque entre os principais eventos de arquitetura e decoração da cidade.

Com o tempo, ela iniciou um novo empreendimento, a Konzept Construções, voltada às construções de alto padrão, no qual pode acompanhar todo o processo de um projeto, desde o fechamento do contrato até a fase final da obra e a entrega aos proprietários.

Depois de anos de sucesso com os seus negócios, Milena agora comanda, também, a Mehr Eventos, e passa a ser a nova licenciada da Morar Mais por Menos, em Curitiba, preparando um grande e atrativo evento que encantará o público, profissionais e fornecedores de arquitetura, decoração, design e paisagismo.  Para saber mais sobre a mostra Morar Mais por Menos, em Curitiba, acesse: @morarmaiscuritiba.

Laser melhora saúde da região íntima

ginecologista curitibana Camila Prestes é referência em laser e estética vaginal.

O  laser vaginal virou febre entre as mulheres. Além de rejuvenescer a região
íntima com o estímulo à produção de colágeno, a técnica melhora a estrutura,
firmeza, elasticidade, lubrificação, hiperpigmentação da pele, e ainda trata
problemas do aparelho genital feminino. Quem explica é a ginecologista
curitibana Camila Prestes, referência em laser e estética vaginal. Com o envelhecimento e as alterações hormonais,especialmente na menopausa, o aparelho genital feminino passa por mudanças que podem ocasionar diminuição da lubrificação, aumento da frequência de infecções genitais, perda de elasticidade e dos tônus vaginal e vesical (bexiga) que levam a menor retenção de urina e, por consequência, a incontinência urinária. O laser vaginal age evitando e corrigindo esses problemas específicos da mulher”, explica a médica.

Segundo Camila Prestes, a escolha do laser ( CO2, Erbium) utilizado na região vaginal vai depender do problema da mulher e os resultados já aparecem na primeira sessão. Dependendo do caso são necessárias de três a cinco sessões. A aplicação é rápida, indolor e sem efeitos colaterais. Para o tratamento, é importante estar em dia com os exames ginecológicos preventivos de rotina e as atividades sexuais são liberadas de 3 a 7 dias.

A ginecologista considera o laser vaginal uma alternativa à terapia farmacológica para pré e pós-menopausa, pós-parto, atrofia da mucosa genital; ao tratamento cirúrgico da flacidez vaginal; aos tratamentos irritantes ou invasivos de incontinência urinária; e à tradicional cirurgia plástica para correção de alterações morfológicas vulvovaginais devido a fatores hereditários, gravidez ou envelhecimento natural.

Prevenção do  câncer de colo de útero

O câncer de colo de útero  que apresenta incidência maior em países menos desenvolvidos, pode ser prevenida com o Papanicolau.

Além de ser considerado o mês da mulher, março também é o mês de alerta e prevenção ao câncer de colo de útero – é o Março Lilás. A doença é a quarta maior causa de morte de mulheres por câncer no Brasil, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA). Dados da instituição mostram que em 2018, foram mais de 16 mil novos casos da doença no país.

O médico oncologista do IHOC / Grupo Oncoclínicas, Elge Werneck, alerta para a importância de manter seus exames em dia, principalmente os ginecológicos, para prevenção e controle da doença. “Países desenvolvidos, com uma saúde pública estruturada, tem baixa incidência da doença. Em muitos países esses números são extremamente reduzidos. O câncer de colo de útero está diretamente ligado a falta de um controle anual da saúde que, para as mulheres, acontece na visita ao ginecologista” afirma o médico.

O câncer de colo de útero é causado pela infecção do vírus do HPV, um vírus transmitido sexualmente que na maioria das vezes é assintomático. “Os sintomas são verrugas genitais e coceira e, se descoberto no início, uma simples cauterização soluciona o problema”, afirma o médico. O exame de Papanicolau, também chamado de preventivo ou colpocitologia oncotica , é o método ideal para prevenir e identificar alterações no útero. “Apesar de outros fatores como tabagismo,
outras doenças sexualmente transmissíveis e grande número de gestações poderem favorecer o desenvolvimento desse tipo de câncer, sabe-se que essa doença é quase que exclusivamente causada pela contaminação do HPV”, explica.