Na quinta-feira próxima, dia 12, Xuxa vai mostrar as novas criações da The Paradise, abrindo desfile que vai acontecer no Fairmont, hotel recém-inaugurado em Copacabana, no Rio. A apresentadora também estrela a campanha da marca carioca, que é do estilista Thomaz Azulay, filho de Simão Azulay, falecido em 1988, nove anos após criar a Yes, Brazil, famosa pelos pioneiros biquínis de jeans.
Justamente pela amizade que tinha com Simão Azulay, Xuxa aceitou voltar ao mundo fashion. Ela lembra: “Tenho as melhores lembranças da Yes, Brazil. Foi o meu começo de carreira, a minha estreia nas passarelas aos 18 anos, uma fase muito difícil para alguém com nenhuma experiência chegar onde cheguei. Ali fiz amigos para uma vida inteira e descobri roupas que viraram minha marca, como a bota branca de amarrar, a mais conhecida delas”.
A coleção dos estilistas Thomaz Azulay e Patrick Doering, criada para o verão 2020 em homenagem aos 40 anos da Yes, Brazil, precisava incluir Xuxa, personagem dessa história.
As fotos foram feitas no Rio, no estúdio que a apresentadora mantém em sua residência.
Aos 56 anos, Xuxa Meneghel fez pose com 14 trajes que representam o legado de Azulay-pai. E o filho descreve a coleção da The Paradise, que ele e Patrick fundaram em 2014: “Criamos estampas que se dividem entre reproduzidas e inspiradas. Mas também exercemos um olhar atual sugerindo novas possibilidades. Reeditamos estampas e modelagens inacreditavelmente contemporâneas e inventamos outras absolutamente vintages”.
(O coração foi matreiro com Simão e depois com seu irmão David, falecido em 2009 no auge da Blueman, primeira grife a usar lacinhos nos biquínis. Sobre o tempo, Xuxa diz: Mudou muita coisa de lá pra cá: fama, dinheiro, conquistas, decepções, amigos verdadeiros e falsos, experiência e, claro, o envelhecimento que vem com o amadurecimento”. E essa volta à passarela só por esse projeto de gratidão porque moda agora é legado para a filha Sasha, modelo aos 21 anos).