Volvo Construction lança novos produtos e serviços

681

Luiz Marcelo Daniel, presidente da Volvo CE LA

A Volvo Construction Equipment Latin America  lançou  uma série de novos equipamentos e serviços de pós-venda na feira M&T Expo 2018. “Nunca lançamos tantas máquinas e programas num único ano como em 2018”, declarou  Luiz Marcelo Daniel, presidente da Volvo CE LA, em contato com o jornalista Luiz Augusto Juk, do jornal DIÁRIO INDÚSTRIA & COMÉRCIO, que a exposição em São Paulo.

A Volvo , apresentou por exemplo,  o novo caminhão rígido fora de estrada da marca. Com 95 toneladas métricas de capacidade, o R100E faz parte da estratégia da Volvo CE de se tornar um importante fornecedor de soluções para o setor de mineração. “O R100E é um aliado das empresas, diminuindo o custo total de propriedade e aumentando a produtividade de quem atua nesta área”, afirma Luiz Marcelo.

Outra grande novidade é o caminhão articulado A30G, atualizado e com avanços tecnológicos. Voltado para trabalhos de infraestrutura, construção pesada, setor florestal, pedreiras e pequenas e médias minerações, o novo A30G tem uma caçamba de 18 m³ e uma capacidade de carga de 29 toneladas métricas, uma tonelada a mais que seu antecessor. “Projetado com materiais mais leves, ele tem uma tara menor, garantindo também maior produtividade”, lembra o diretor Gilson Capato, diretor comercial da Volvo CE no Brasil.

A Volvo está lançando também duas novas escavadeiras para atender clientes que atuam em aplicações gerais: a EC210DL e a EC210D. São equipamentos robustos, com melhor eficiência de combustível, nova cabine e com redução eficiente nos custos de propriedade. A principal diferença é que a EC210DL possui um carro inferior mais longo e a EC210D um carro standard. “Certamente serão muito procuradas por vários setores, em diferentes aplicações, como a locação, por exemplo”, diz Luiz Marcelo.


Soluções da New Holland Construction

Joystick comanda movimentos necessários para o acesso à cabine

A  New Holland Construction apresentou diversas soluções de pós-venda na feira M&T Expo 2018, realizada em São Paulo. A principal novidade é a garantia de 1 ano para para todas as peças genuínas vendidas e instaladas nas concessionárias da marca. A garantia para as peças genuínas compradas no balcão e instaladas fora das concessionárias autorizadas continuará sendo de 3 meses.

“Com o serviço especializado das oficinas, nós garantimos a instalação por quem entende do assunto. É desta forma que a alta produtividade gera rentabilidade para nossos clientes”, afirma Rodrigo Berto, gerente de peças da New Holland.

Inclusão é a palavra de ordem da New Holland B95B Acessível, versão conceito de uma das retroescavadeiras de maior sucesso do mercado brasileiro. Desenvolvida e fabricada no complexo industrial da marca em Contagem (MG), essa nova solução foi projetada para oferecer ao operador com mobilidade reduzida as mesmas condições de trabalho, conforto, performance e praticidade da B95B.

Ao apresentar um novo conceito entre as máquinas de construção, a retroescavadeira B95B Acessível estabelece um marco para empresas que utilizam o equipamento, abrindo um novo mercado de trabalho até então inatingível para operadores com mobilidade reduzida – resguardados pela Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (nº 13.146).


 JCB do Brasil anuncia investimento

Modelo SSL250 foi um dos lançamento na feira M&T Expo

A JCB, empresa líder mundial em retroescavadeiras e manipuladores telescópicos, lançou  na M&T Expo – maior feira latino-americana de máquinas e equipamentos para construção e mineração – os modelos JCB JS130LC, JCB SSL 250 e JCB 55Z.

As máquinas e soluções que foram  expostas estão de acordo com o compromisso da empresa, de origem inglesa, em trazer constantemente inovação e tecnologia ao país. Além disso, neste ano a marca encerra o ciclo de investimentos do triênio 2015/2018, de R$ 70 milhões, no Brasil e anuncia a injeção de mais de R$ 40 milhões para o período de 2019/2021.

“A JCB é uma marca que está há mais de 20 anos presente no país e tem como principal objetivo atender aos clientes com máquinas e equipamentos de alta tecnologia, qualidade e produtividade, sendo totalmente adequados ao mercado brasileiro. Com esses três lançamentos, esperamos crescer em mais de 40% nosso volume total de vendas nos próximos três anos”, destaca José Luis Gonçalves, presidente JCB Latam.

O novo ciclo de investimentos da marca no Brasil prevê pelo menos o lançamento de um a dois novos modelos de máquinas ao ano até 2021, continuando com o fortalecimento da rede de Distribuidores, que vem se consolidando desde 2016, melhorando o índice de disponibilidade de peças e a excelência no atendimento pós-venda. “O investimento em soluções que impulsionam o desenvolvimento do mercado de obras é fundamental para que o Brasil alcance todo o seu potencial produtivo”, afirma Alisson Brandes, diretor de vendas e marketing da JCB do Brasil.


SelecTrucks com  novo recorde

Ari de Carvalho, diretor de Vendas e Marketing Caminhões da Mercedes-Benz do Brasil.

A SelecTrucks, loja de veículos usados da Mercedes-Benz, atingiu um novo recorde este ano. De janeiro a outubro, a marca vendeu 800 caminhões novos, envolvendo negociações que aceitaram veículos usados de clientes como parte da troca pelos modelos zero km.

“O uso de caminhões usados como troca é uma alternativa atrativa para os clientes na hora de adquirir um veículo zero km para a renovação de frota”, afirma Ari de Carvalho, diretor de Vendas e Marketing Caminhões da Mercedes-Benz do Brasil. “Com a SelecTrucks, os clientes têm uma solução dentro da nossa própria marca, o que assegura a eles qualidade e confiabilidade”.

De acordo com dados de emplacamento, as vendas de caminhões usados cresceram 5% no Brasil em 2018, com mais de 300.000 unidades comercializadas até o mês de outubro. Este mercado movimentou uma venda média superior a 330.000 caminhões nos últimos três anos.

Na avaliação do executivo, esse aumento de vendas de seminovos está relacionado ao maior número de pontos de vendas da SelecTrucks. Além das lojas próprias de Mauá (SP), Betim (MG) e São José dos Pinhais (PR), a Rede conta com lojas satélites em parceria com os concessionários Sambaíba, de Campinas (SP) e Pirasa, de Limeira (SP). “Dessa forma, marcamos presença em São Paulo, Minas Gerais e Paraná, estados onde estão concentrados os maiores mercados de caminhões usados no País. Os autônomos são a grande maioria dos compradores”, diz Ari de Carvalho.


Leilão de terrenos

Nesta quarta-feira (5) acontece leilão  de terrenos na BR 101, em Itajaí, Bal. Camboriú, Itapema, Camboriú, Navegantes e Joinville  a partir de 50% do preço de avaliação.  O leilão organizado pela  Carstens Leiloeiros ,  acontece, às 10h00. Informações pelo fone 47 3422 8141 ou pelo site www.leiloreiro.online.


Prêmio ao marketing

A Ademilar Consórcio de Investimento Imobiliário conquistou o troféu de Melhor Campanha de Marketing durante o Prêmio Incorporador do Ano 2018, realizado na última terça-feira (27/11) pela Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário no Estado do Paraná (Ademi-PR). O evento reuniu cerca de 400 convidados no Salão Azul do Clube Curitibano. O prêmio bianual reconhece empresas associadas e profissionais que se destacaram no setor imobiliário.

O presidente do Conselho da Ademilar, Raul Schuchovsky, recebeu o troféu das mãos do presidente da Ademi-PR, Jacirlei Soares Santos. “Para mim, é um orgulho estar em um evento como esse, promovido pela Ademi-PR, entidade que frequento há 40 anos. A Ademilar foi criada aqui dentro, em 1991, quando decidimos montar uma empresa de consórcio imobiliário com 36 associados da Ademi. Hoje, a Ademilar é uma empresa familiar que está presente em 10 estados do Brasil e tem mais de 45 mil consorciados que confiaram no nosso trabalho”, comemorou.


Aduanas  OEA Regional

Aduanas de nove países estiveram representadas no Seminário Internacional Programa OEA nas Américas, ocorrido  em São Paulo, promovido pela Aliança Procomex em parceria com a Receita Federal do Brasil, que mostrou ao público os avanços nos processos e a importância de caminhar para um Operador Econômico Autorizado Regional.

“O OEA regional pode fortalecer e desenvolver a gestão de aduanas e dos Acordos de Reconhecimento Mútuos, simplificando e reduzindo custos, pelo corte de negociações bilaterais”, justificou o presidente do PSCG da OMA e coordenador-executivo do Instituto Aliança Procomex, John Edwin Mein.

De acordo com o secretário da Receita Federal do Brasil, Jorge Rachid, os aperfeiçoamentos em curso para as operações de comércio exterior com Portal Único e Programa OEA são fundamentais tanto para o setor público como o privado, pois permitem aprimorar controles e facilitar processos. Por meio do Portal Único, houve redução de quase 90% no fluxo de documentos para efetuar exportações, enquanto as operações OEA registram crescimento, tendo alcançado 16,54% de participação nas declarações registradas em agosto de 2018.

O programa OEA pode ser um diferencial estratégico, na visão da secretária-executiva do Comitê Interamericano contra Terrorismo (OAS), Alison August Treppel. O mesmo ponto de vista foi compartilhado pelo gerente do OEA e do Comitê Nacional de Facilitação do Comércio, Jovanny Feliz, para quem “ser OEA significa ser confiável”.