Vínculo indestrutível

479

Políticos nativos de diversas cataduras, que vão da direita agrotóxica à esquerda sem mãe, sem pé e sem cabeça, apostam em dissensões entre os irmãos Dias para forçar aproximações ou fazer o meio de campo. Compreende-se. Os dois, Alvaro e Osmar, são disparados os campeões de voto no Paraná. É o que dizem todas as pesquisas de opinião, indistintamente.

Alvaro é candidato a presidente da República e Osmar Dias a governador do Paraná. Não há quem não queira tê-los como aliados. Aí começa a pendenga. Cada um dos pretendentes ao apoio dos Dias quer exclusividade para que o apoio surta bons resultados para ele. Todos brigam, todos exigem, todos querem mexer nas peças do tabuleiro. E para que isso aconteça, forçam a barra na intriga, na dissidência entre os irmãos, porque na verdade só os dois tem importância decisiva neste momento.

Esforço inútil. Só há um vínculo indestrutível na política paranaense. É o que liga os dois irmãos Dias. Nunca, jamais, disputarão o mesmo espaço ou deixarão de apoiar-se mutuamente. Entre eles, independe de tudo o mais, o pacto está firmado. Osmar Dias é candidato a governador e Alvaro Dias candidato a presidente da República. E, por enquanto, não há para mais ninguém.

Canteiro de obras

Até o final de 2017, o governador Beto Richa vai entregar 13 grandes obras, investimento de R$ 110 milhões, gerenciadas pela Paraná Edificações. Ainda no primeiro semestre, está prevista a conclusão da nova sede do Instituto Médico Legal em Curitiba, delegacia cidadã de Matinhos, reforma do centro de produção e pesquisa de imunobiológicos em Piraquara e do Monumento Salto São João em Prudentópolis.

Reformas

O Planalto já começou a medir a temperatura de governadores sobre a disposição deles de levar adiante uma reforma tributária. O governo também quer ter pronta para a volta do recesso parlamentar sua ofensiva pela reforma da Previdência. Começa a planejar novas peças de publicidade e vai intensificar articulações com o Congresso já no início de fevereiro.

Cláudia caiu

A jornalista Cláudia Cruz, investigada na Lava-Jato, quebrou uma das pernas ao cair de bicicleta e foi internada no Barra D’Or, na Barra da Tijuca. A mulher de Eduardo Cunha, o ex-deputado preso na Lava-Jato, será operada no hospital.

Nova ordem

O prefeito Rafael Greca (PMN), sob protestos, fechou o guarda volume de moradores de rua na Praça Osório “para retomar” o espaço para as crianças e famílias de Curitiba”. Instalado pelo governo anterior, o guarda volume ‘expulsou’ as crianças dos brinquedos e outros equipamentos da praça. O mau cheiro e o consumo de bebidas alcoólicas, além de outras drogas, fez do local um espaço de uso frequente de marginais.

Fim de municípios

O presidente do TCE-PR, Ivan Bonilha, entregou ao Tribunal de Contas da União, em Brasília, estudo que prevê a fusão de municípios como forma de melhorar a prestação dos serviços públicos à população e promover economia de recursos públicos. Municípios com população inferior a 5 mil habitantes (1.301 em todo o país, 96 dos 399 municípios paranaenses) tendem a não apresentar condições mínimas para prestar os serviços básicos ao cidadão – como saúde e educação –, mostra o trabalho. As informações são do Bem Paraná.

Vantagens

Segundo o TCE, a fusão representaria um ganho de escala, com o aumento da população, além da redução de cargos políticos, aumento da poupança dos cofres públicos, maior independência financeira e dinamismo econômico municipal.

Bom para o Paraná

A safra brasileira de grãos deve avançar 16,1% este ano em relação a 2016, para 213,7 milhões de toneladas, estimou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (10), no terceiro prognóstico para a safra de cereais, leguminosas e oleaginosas de 2017. Todas as regiões devem ter aumentos na produção neste ano, segundo o instituto: Norte (13,4%), Nordeste (73%), Sudeste (11,1%), Sul (5,8%) e Centro-Oeste (20,5%).

Boas safras

As principais influências desses aumentos são a alta de 9,6% na estimativa de produção da soja (9,2 milhões de toneladas a mais que a safra de 2016) e de 31% na produção de milho (19,6 milhões de toneladas a mais que em 2016).

Senhas divulgadas

O Portal Brasil cometeu um grave erro. Em postagem no Twitter linkou, sem querer, uma lista com todas as senhas do Planalto. Minutos depois perceberam a gafe, retiraram o post e correram para trocar todas as senhas. Uma das curiosidades da lista foi uma das senhas usadas pela equipe de Temer que era planaltodotemer2016 e do lado um lembrete em caixa alta e em vermelho: não trocar a senha nunca. O problema é que o link ficou por alguns minutos no ar e muitos acreditam que o estrago pode se tornar ainda maior por acreditarem que os hackers conseguirão, mesmo com a mudança de senhas, acessar áreas restritas do governo.

Estratégia

O candidato à presidência da Câmara, Jovair Arantes (PTB-GO), não está tendo uma boa recepção de seus colegas de casa e com isso, vendo sua chance de reeleição cada vez mais longe. Os aliados de Arantes estão tramando uma estratégia para que ele consiga mais votos. A primeira ação será rotular Rodrigo Maia (DEM-RJ), que ainda não assumiu publicamente sua candidatura sendo o candidato do Planalto e assim conseguir os votos dos opositores do Governo. A segunda é procurar os deputados que estão insatisfeitos com a posição da Câmara mediante ao Ministério Público.

Alvo

Três dos quatro candidatos a presidência da Câmara Jovair Arantes (PTB-GO), Rogério Rosso (PSD-DF) e Rodrigo Maia (DEM-RJ), estão mirando em direção aos deputados de São Paulo. Para isso vão buscar ajuda com o governador do Estado, Geraldo Alckmin, que está em alta dentro do partido depois das eleições municipais. Jovair deve se encontrar na próxima sexta-feira, dia13; Maia na segunda-feira, dia 16; e Rosso ainda não definiu data, mas poderá se encontrar até no final de semana, porque quer anteceder Rodrigo Maia. André Figueiredo (PDT-CE) foi o único que não marcou reunião com Alckmin.  Maia conversará com outros governadores e até com o presidente do PSDB, Aécio Neves, ainda na semana que vem.

Senhas divulgadas

O Portal Brasil cometeu um grave erro. Em postagem no Twitter linkou, sem querer, uma lista com todas as senhas do Planalto. Minutos depois perceberam a gafe, retiraram o post e correram para trocar todas as senhas. Uma das curiosidades da lista foi uma das senhas usadas pela equipe de Temer que era planaltodotemer2016 e do lado um lembrete em caixa alta e em vermelho: não trocar a senha nunca. O problema é que o link ficou por alguns minutos no ar e muitos acreditam que o estrago pode se tornar ainda maior por acreditarem que os hackers conseguirão, mesmo com a mudança de senhas, acessar áreas restritas do governo.

Revoltados

Partidos aliados do Planalto estão revoltados. Eles não conseguem acreditar que um partido contendo apenas 8 deputados na Câmara possa ocupar dois ministérios no governo (Raul Jungmann, no ministério da Defesa e Roberto Freire na pasta da Cultura). E Michel Temer explicou que Jungmann foi indicado pelo ex-ministro Nelson Jobim e não pelo partido.  Na verdade o PPS tem 11 deputados, dois afastados por ocuparem os ministérios do Governo e Arnaldo Jardim que é o atual secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

Mais viagens

O presidente Michel Temer deve viajar mais neste ano. Ele acredita que precisa mostrar a cara, não para elevar sua popularidade, mas para apresentar ações como presidente do Brasil, principalmente na área social. Quer provar que está fazendo tudo o que pode para atender as necessidades dos brasileiros e tentando tirar o país da crise.

Cargo para o genro

O novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que assumirá a Casa Branca no próximo dia 20, indicará seu genro Jarde Kushner para um cargo no Conselho da Presidência. Não se sabe ao certo o posto que Kushner ocupará, mas independente  disto, ele terá grande atuação junto a sogro.

Certa distância

O presidente Michel Temer está afastado das articulações do PMDB no Senado. Ele nem está sendo consultado sobre possíveis discussões das lideranças na Casa, mas não está achando nada mal. Apesar de serem do mesmo partido, Temer acha que uma distância do presidente da Casa, Renan Calheiros, é muito saudável.

Não quer perder a boquinha

O presidente do Senado, Renan Calheiros, deixará o cargo após as eleições da Casa agora em fevereiro, só que não quer perder o privilegio de usar aviões da FAB. Corre em Brasília que Renan deverá procurar o presidente por esses dias para lhe pedir um cargo. Detalhe: não quer nada de segundo escalão, quer ficar bem próximo ao Governo. O senador já andou espalhando que adoraria voltar ao ministério da Justiça. Alexandre Moraes, atual ministro não gostou nem um pouco da colocação de Renan.

Alagoas é aqui

Na hipótese que Renan consiga mesmo algum ministério, as piadas já correm soltas, falando que o governo Temer será uma filial de Alagoas. Marx Beltrão (PMDB), ministro do Turismo e Maurício Quintella Lessa (PR) da pasta Transportes, Portos e Aviação Civil também são alagoanos.

Aplicada

O tema da Grande Rio para o Carnaval 2017 tem como título Hoje é dia de Ivete e claro, a homenageada é a própria cantora. No barracão todos estão contentes com a escolha porque, em seus shows, Ivete Sangalo canta o samba enredo da escola. Dizem inclusive que ela irá distribuir aos fãs em seus shows a letra do tema  e ainda por cima, irá colocá-lo em seu site. A Grande Rio pode até não ganhar o título este ano, mas que o samba-enredo será o mais cantado, não há dúvida.

Não acreditou

No seu primeiro dia de trabalho e segundo de sua gestão o novo prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), não acreditou no que viu sobre sua mesa. O vereador Ota (PSB) tinha enviado um oficio pedindo a reabertura urgente do Hospital de Vila Carrão. O que assustou Dória é que o hospital está fechado há 15 anos.

Opostos

Enquanto aqui no Brasil muitos brasileiros reclamam do excesso de calor, acima da média para o período, na Europa, sofrem com as baixas temperaturas que já matou 38 pessoas.

Até 2018

Alguns entendidos em Curitiba dizem que a operação Lava Jato tem força para chegar até julho, no máximo agosto de 2018, quando será dada por encerrada. Até lá, muita ações acontecerão, muitos depoimentos serão colhidos, com direito a delação premiada e o mais importante, muitas prisões. E até abril deste ano, a homologação da delação premiada dos executivos da Odebrecht deverá acontecer. Mesmo prazo apontando para a prisão de Lula. Segundo informações, até lá, haverá provas suficientes para prender o ex-presidente.

Preocupação

O encerramento da operação Lava Jato próximo às eleições de 2018 preocupam muitos políticos. Alguns acreditam que ficaram inelegíveis por causa das decisões judiciais. É esperar para ver.

Falências

Segundo levantamento da SPC Boa Vista, o número de pedidos de falência em 2016 cresceu 12,2% no país. A pesquisa também aponta um crescimento em pedidos de recuperação judicial de 49,4% e em falências decretadas com crescimento de 14,7%.

Piada

O brasileiro mesmo em meio à crise consegue fazer piada de tudo. A mais recente é referente ao pessimismo diante da situação do país. E fala que apesar da tentativa do governo e dos números apontarem uma eventual melhora, tudo tende a piorar já que o primeiro dia 13 do ano cairá numa sexta-feira.

Defesa

O deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP), está defendendo a candidatura de Rodrigo Maia (DEM-RJ) a reeleição da Câmara. Sampaio acredita que não existe nada de ilegal nela: “Ele não foi eleito para mandato de dois anos. Então, zero de pedalada”. E ainda acredita que na eleição, no ano passado, muitos votaram já contando a possibilidade de reeleição de Maia.

Ave estrangeira

A empresa BRF, dona das marcas Sadia e Perdigão está expandindo seus negócios no exterior. Ela acaba de comprar 60% da maior produtora de aves da Turquia, a Banvit. A venda foi estimada em torno de US$ 470 milhões. A Turquia é um dos países que mais consomem frango no mundo. Por enquanto não existe a ideia de importar o frango turco para o Brasil.

Não foi

Pelé foi convidado pela FIFA para comparecer a cerimônia de entrega do prêmio de Melhor Jogador do Mundo, em Zurique, na Suíça, e assim reeditar o encontro com o argentino Maradona, que aconteceu em 2000. Pelé gentilmente recusou o convite e ficou em São Paulo, em tratamento de fisioterapia para fortalecimento da região do quadril.  Mas a verdade é que o rei está com muita dificuldade para andar desde que fez uma cirurgia no final de 2015. Alguns dizem que o craque está andando quase sempre de cadeira de rodas e por isso tem sido visto muito pouco.

Pegou mal

O deputado Hiran Gonçalves (PP-RR) fez algumas imagens dos mortos, depois da rebelião na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, em Boa Vista e distribuiu para os colegas via WhatsApp. Muitos não gostaram do e outros nem chegaram a abrir o vídeo. Resultado: se Hiran queria alertar contra o massacre e conseguir ajuda para uma intervenção no presídio, conseguiu exatamente o contrário.

Mais um ministério

Depois das rebeliões que aconteceram no início deste ano e muitas pessoas querem que os números sejam computados em 2016 para não começar estatísticas de 2017 mal, alguns deputados pedem que o presidente Michel Temer crie um novo ministério que cuide somente de Segurança Pública. A ideia surgiu do candidato a presidência da Câmara Rogério Rosso (PSD-DF). E alguns já dizem que se criado mesmo este novo ministério poderia ser ocupado por Renan Calheiros (PMDB-AL), que deixará o cargo de presidente do Senado em fevereiro.

Mais da metade

Segundo levantamento do Banco Central, juntos, Banco do Brasil, Caixa Econômica, Bradesco e Itaú detém 61% dos ativos do sistema financeiro do país.

Ações contrárias

O presidente Michel Temer, foi para Lisboa, prestar suas condolências aos familiares do ex-presidente português, Mario Soares. Já o atual ministro de Portugal, Antonio Costa, em viagem a Índia, se recusou a interromper sua excursão para comparecer ao enterro.

Fofocando

Segundo fofocas que correm em Brasília dizem que a presidente do STF – Supremo Tribunal Federal – Cármen Lúcia, está doida para sentar na cadeira da presidência. Torce para que o presidente Michel Temer e os sucessores presidenciais se ausentem para experimentar o Posto. Mas quer ficar bem mais que um dia. Os venenosos dizem que Cármen já estuda a possibilidade de ser candidata à presidência em 2018 e já sonda alguns partidos, inclusive o PMDB do próprio Temer.

Frases

“Em pouquíssimo tempo de governo, ele (Ricardo Barros) anunciou a economia de 800 milhões de cruzeiros, que significam novas UPAS, novas UBSs e também novas ambulâncias. ”

Michel Temer em discurso no Rio Grande do Sul e confundindo a moeda brasileira.

“O Plano Nacional de Segurança não prevê nenhuma medida que possa beneficiar presos provisórios pela prática de crimes de corrupção contra a administração pública, inclusive na Operação Lava Jato”,

Alexandre de Moraes, ministro da Justiça.