A Universidade Positivo promove, a partir do dia 12 de março, em Curitiba, uma série de palestras sobre o futuro das profissões da área de Direito e Tecnologia da Informação (TI). O workshop com o tema “TI – suas muitas revoluções e o profissional que o mercado disputa” traz discussões sobre seu crescente mercado e como essa área permeia cada vez mais diversas outras carreiras. Já o evento “Direito e Tecnologia” discute como as novas ferramentas tecnológicas impactam a sociedade e tornam necessária a evolução do Direito. As palestras são promovidas pelos cursos de Pós-Graduação nas área de Direito e Tecnologia da Informação.
De acordo com pesquisa da Live University, 30% dos profissionais que atuam hoje no mercado de TI são provenientes de outros cursos de graduação, como Engenharias, Administração, Ciências Contábeis, entre outras. A palestra de abertura do evento, “Largue sua vida e venha para TI”, com Norton Luiz Ritzmann, é exatamente para esse público: profissionais interessados em migrar para a TI ou agregar o conhecimento da área em seu segmento de atuação. O palestrante vai falar sobre as diversas possibilidades de carreira, novas tecnologias, necessidades de profissionais especializados no mercado, entre outros tópicos.
Para quem tem curiosidade em relação à Inteligência Artificial, o workshop Machine Learning, com Jasmine Moreira, aborda os conceitos sobre aprendizado de máquina e apresenta um panorama sobre aplicações e mercado de trabalho.
Direito e tecnologia
Segundo dados do relatório Justiça em Números, 80,1 milhões de processos aguardavam uma solução definitiva na Justiça em 2017. Com relação a 2016, foi um incremento de 244 mil casos pendentes. As despesas totais do Poder Judiciário foram R$ 90,8 bilhões, sendo que R$ 82,2 bilhões foram destinados ao pagamento de Recursos Humanos. “Diante desses números, torna-se essencial o uso da tecnologia para dar maior eficiência à Justiça brasileira”, afirma o coordenador-geral dos cursos de Pós-Graduação em Direito da Universidade Positivo, Eduardo Faria Silva.
Inteligência Artificial e o Direito é o tema abordado pelo professor Sérgio Branco, doutor em Direito Civil, no dia 14 de março, às 19h, na unidade Santos Andrade da Universidade Positivo. As inscrições são gratuitas e as vagas são limitadas e preenchidas por ordem de inscrição. Para o Workshop TI, é possível se inscrever pelo link up.edu.br/workshop-ti, já para o Direito e Tecnologia, é necessário realizar a inscrição pelo site up.edu.br/evento-direito.

Serviço
Workshop TI – Suas muitas revoluções e o profissional que o mercado disputa
Data: 19 de março, 19h
Local: Universidade Positivo – câmpus Ecoville (Rua Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5.300 – Curitiba/PR)
Inscrições gratuitas: up.edu.br/workshop-ti

Palestras Direito e Tecnologia
Data: 12 a 25 de março, às 19h
Local: Universidade Positivo – unidade Santos Andrade (XV de Novembro, 904 – Centro)
Inscrições gratuitas: up.edu.br/evento-direito

Programação TI:

Palestra de abertura: Largue sua vida e venha para TI, com Norton Luiz Ritzmann
Local: Auditório – Bloco Vermelho
Horário: 19h30

Workshop Redes Neurais Artificiais Aplicadas, com Malgarete Rodrigues da Costa
Local: Laboratório 1 – Bloco Vermelho
Horário: 20h

Workshop Machine Learning 101, com Jasmine Moreira
Local: Laboratório 2 – Bloco Vermelho
Horário: 20h

Workshop Linguagem Natural e Machine Learning, com Leandro Escobar
Local: Laboratório 3 – Bloco Vermelho
Horário: 20h

Workshop Visualização de dados com Tableau, com Alexsandro Brum
Local: Laboratório 4 – Bloco Vermelho
Horário: 20h

Programação Direito e Tecnologia:
12 de março – Estado, Relações Familiares e Sucessão, com Pablo Lago e André Arnt
A família é uma das instituições que mais mudou ao longo das últimas décadas. À luz destas mudanças, a palestra apontará novos paradigmas nas relações entre família e Estado, considerando, em especial, o tratamento jurídico das diferentes relações familiares e desenvolvimento de seus integrantes.
Horário: 19h

13 de março – Indústria 4.0 e o Direito do Trabalho, com José Affonso Dallegrave Neto
Atualmente as relações de trabalho têm sido fortemente impactadas pela tecnologia: o teletrabalho, a automação da produção e a prestação de serviços por plataformas digitais são apenas alguns exemplos de novos cenários presentes em uma sociedade marcada pela indústria 4.0. Em sua palestra, José Affonso Dallegrave Neto irá analisar as novas perspectivas do Direito do Trabalho diante dessas novas formas de trabalho.
Horário: 19h
14 de março – Inteligência artificial e o Direito, com Sérgio Branco
O avanço na inteligência artificial vem impondo diversas indagações à área do Direito. O tema envolve, dentre outros, aspectos éticos e regulatórios. Qual o papel de advogados e juízes em um mundo governado por algoritmos e big data? Como a criação gerada por inteligência artificial se ajusta às normas jurídicas sobre direitos autorais? Estas serão algumas das questões a serem abordadas durante a apresentação.
Horário: 19h

18 de março – Benefícios fiscais, com Flávio Berti
Abordagem sobre os tipos de benefícios fiscais existentes, formas de concessão, condições e requisitos para seu aproveitamento, perspectivas futuras diante de reformas tributárias.
Horário: 19h

19 de março – Direito Empresarial 4.0: inovação e tecnologia, com Gisele Ueno
O termo indústria 4.0 surgiu na Alemanha, em 2011, envolve modularidade, automação, tempo real. Como traduzir as novas perspectivas para o mundo jurídico? este desafio é tema desta palestra inaugural e aula aberta da pós de Empresarial e Societário da UP.
Horário: 19h

20 de março – Plea Bargain e o Processo Penal Brasileiro, com Rodrigo Chemim
A palestra abordará o tema da negociação no processo penal a partir da experiência norte-americana de “plea bargain” e da implantação de modelos similares na legislação brasileira. Para além de esclarecer as principais espécies de negociação vigentes nos EUA e explorar as críticas que a doutrina norte-americana explicita, serão enfocadas as principais diferenças estruturais entre os dois países para, então, analisar quais impactos o pacote “anticrime” do Ministro Sergio Moro poderá representar nesse campo.
Horário: 19h

21 de março – Smart Cities no Brasil: limites e realidade, com Silvana Camboim
O conceito de Smart Cities propõe um modelo de aplicação intensiva de aparato tecnológico como drones, sensores e outras soluções, para a construção de uma gestão urbana mais “inteligente” e colaborativa, com benefícios sociais, econômicos e ambientais. Nesta palestra, vamos discutir as tecnologias propostas para a gestão de cidades, em especial as que utilizam dados geoespaciais para a compreensão da possibilidades e limitações de sua aplicação, considerando fatores como a integração da comunidade, a viabilidade e a construção de uma visão ampla da relação tecnologia e sociedade nos ambientes urbanos brasileiros.
Horário: 19h
25 de março – Objetivos do Desenvolvimento Sustentável: Universalidade, Integralidade e Gratuidade do SUS, com Fernando Mânica
O propósito da palestra consiste em analisar os desafios da cobertura assistencial de saúde oferecida pelo SUS, tal qual previsto pelo texto constitucional pátrio, em especial no que toca aos princípios da universalidade, integralidade e gratuidade. O estudo será realizado à luz das diretrizes dadas pela ONU, especificamente a partir da Meta n. 3.8, que trata da cobertura universal de cuidados de saúde.”
Horário: 19h