A Unimed Curitiba, que integra a maior cooperativa médica do Brasil, lançou ontem, o Conecta Unimed, programa de inovação aberta realizado em parceria com a aceleradora Hotmilk, da PUCPR. O objetivo é adotar uma gestão transformadora, que crie conexões externas para gerar valor e sustentabilidade para a cooperativa, além de aperfeiçoar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados por meio da inovação e colaboração.
Além de criar laços de cooperação científica com a comunidade acadêmica e estabelecer parcerias com entidades inovadoras, a cooperativa médica também busca formas de estimular internamente a cultura da inovação. “O resultado deverá contribuir para a transformação e a sustentabilidade da cooperativa, mantendo nosso compromisso com o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas”, explica Rached Hajar Traya, diretor-presidente da Unimed Curitiba.
Ainda de acordo com o diretor-presidente, para manter a trajetória de evolução, é preciso estar atento às tendências de mercado e buscar constantemente abrir caminhos para a inovação. “Nesse sentido, o Conecta Unimed busca criar soluções que gerem valor, conhecimento e desenvolvimento sustentável para o nosso negócio, conhecimento para nossos cooperados e colaboradores e melhores serviços para os nossos clientes”.
Em um primeiro momento, o programa vai prospectar startups que apresentem soluções de melhorias para os desafios de inovação lançados pela Unimed Curitiba em três áreas pré-definidas, elencadas por meio de uma imersão realizada pelos colaboradores da cooperativa: atualização cadastral, atendimento laboratorial e tabela de itens cadastrados na cooperativa curitibana para utilização em procedimentos médicos.
As inscrições para as startups interessadas acontecem até o dia 17 de julho. Ao todo, serão selecionadas até 12 startups para realizar um pitch com critérios que serão estabelecidos e divulgados na etapa pós-seleção.
No início de agosto, as seis startups que passarem para a próxima fase terão espaço na unidade da Aceleradora Hotmilk, em Curitiba, para testar, validar e receber feedback sobre seus produtos e serviços, acelerando, desta forma, o seu desenvolvimento e as chances de aderência ao mercado. A previsão é que até o fim do mesmo mês, as três melhores soluções apresentadas, uma para cada área definida, sejam premiadas e desenvolvam uma Prova de Conceito (POC) para testar a implementação da solução dentro da Unimed Curitiba.