SUGESTÃO DE VINHO URUGUAIO PARA O INVERNO, CAIXA COM TRÊS LITROS DAS UVAS: TANNAT E CABERNET

Osvaldo Nascimento Júniors.:      

Iniciamos mais um inverno, dias frios, chuvosos, úmidos, sem sol, tudo propício a degustarmos um bom vinho, para esquentarmos nosso corpo e o coração. Diz nosso grande enófilo Renato Machado em sua obra EM VOLTA DO VINHO, que recomendamos, “que nada mais harmonioso do que o vinho e a luz de vela. São ambos os parceiros de história, de essência. Vinho é para românticos, para sonhadores”. Assim podemos posicionar nossa matéria, mostrando o quanto o VINHO é importante para o homem, sua história, seus sonhos, seus amores. Os apaixonados por vinho são isso mesmo, APAIXONADOS. Como todos nessa condição, ocupam-se só de sua escolha. Desprezam as demais, como as bebidas destiladas, por exemplo, hoje quase esquecidas pelos enófilos. Mas ninguém é igual. Muitos reservam um espaço para o uísque na hora do coquetel. Até porque vinho em happy hour é uma armadilha fatal. Até a cerveja, quem a recusa gelada num verão escaldante? Mas, lembre-se, nunca em refeições, CERVEJA FOI FEITA PARA REFRESCAR, para aperitivo à borda da piscina a beira mar ou num bar com petiscos e amigos. Nas Refeições, SÓ VINHO. E você caro leitor (a) sabe por quê?

*BENEFÍCIOS DO VINHO TINTO.

Estudos realizados na Dinamarca mostram que pessoas que consomem vinho têm hábitos e mentes mais saudáveis e estão menos propensas a abusar do álcool. Estudos anteriores haviam mostrado que o consumo moderado de vinho tinto diminui o estresse e melhora a circulação sanguínea, diminuindo a incidência de doenças do coração. As pesquisas também indicaram que os ingredientes do vinho diminuem o risco de vários problemas de saúde, câncer no sistema digestivo e no pulmão. As taxas gerais de mortalidade são menores para os consumidores de vinho do que para os que bebem cerveja ou destilados – ou mesmo em relação àqueles que não consomem álcool. E muitos mais pesquisadores provam que o consumo de vinho moderado, só traz benefícios para a saúde. “Vinho e comida foram feitos um para o outro”, define o cardiologista Jairo Monson de Souza Filho. O médico que há 20 anos estuda os efeitos da bebida na saúde humana garante que este é o líquido mais favorável à DIGESTÃO. “Isso claro, se não houver qualquer contra indicação no seu consumo”, ressalta. O especialista afirma que para melhor usufruir de seus benefícios, deve ser tomado moderamente às refeições. ” Quando se ingere a bebida junto aos alimentos, diminui-se muito o volume de radicais livres na circulação sanguínea durante a digestão, é neste período que a quantidade de gorduras é maior. Com isso, há menos chances delas serem oxidadas, pelos radicais livres  que acarretaria na formação e deposição de placas de gorduras nas paredes dos vasos sanguíneos”, explica o radiologista.

Você sabia que a UVA TANNAT, de origem francesa ramo VITIS VINIFERA originária   da região sudoeste, Madiran, Gascogne, que se adaptou muito bem no Uruguai, onde se produz vinhos de alta qualidade é a uva que tem o maior teor de taninos e polifenóis, excelente para o coração? E o RESVERATROL, que é um POLIFENOL  encontrado na casca de uva vermelha, tinta. O estudo mais recente indica que atua em um conjunto de genes associados ao envelhecimento. A substância retarda o processo em vários tecidos como o cerebral, o muscular e o cardíaco, em especial.Ótima opção para o inverno, conforme sugerimos na fotografia acima.

*QUAL A QUANTIDADE SEGURA PARA SE DEGUSTAR UM BOM VINHO DIARIAMENTE?

Para a maioria dos homens, seria seguro beber até 30 gramas de álcool ( o equivalente a  300ml de vinho a 12,5ºGL, mais ou menos meia garrafa de vinho, pois a mesma contém 750ml), sugere o médico.De acordo com o especialista, não há um tipo de vinho que seja mais eficaz para o processo digestivo, TODOS OS VINHOS TINTOS SÃO EXCELENTES. No entanto, o gás carbônico presente nos espumantes e Champagnes aumentam a produção de suco gástrico, o que é amplamente favorável à digestão.

*CONHECENDO AS UVAS.

Antes de conhecermos onde os vinhos são produzidos é interessante sabermos um pouco sobre as uvas, que é a matéria-prima dos vinhos. Existem mais de MIL variedades de uvas especiais para vinhos da espécie vitis viniferas, mas utilizam-se quase CEM somente no mundo vínico de hoje, esclarecemos que estamos falando de uvas finas. Os principais países produtores estão se igualando em qualidade, e as castas especiais se adaptam bem em grande parte desses países. Centenas de marcas e rótulos de vinhos são lançados no mercado anualmente, mas o importante em todas as vinícolas são os tipos de uvas utilizadas. O bom vinho deve ser determinado e escolhido pela uva com o que é produzido; cada tipo e casta produz vinhos diferentes, no sabor, na complexidade, no corpo e na alma dessa sagrada bebida é o terroir. Não se impressionem com rótulo, mas com as uvas e a Vinícola, com o processo e envelhecimento que utilizam. Escolham vinhos pelas uvas e pelo produtor. Consultem sempre um Sommelier, quando os tiver… Muitas festas maravilhosas são estragadas por uma indicação errada de vinhos, não seja um deles, grandes jantares merecem grandes escolhas e com custo benefício. Estas são algumas recomendações para vocês, caros leitores (as) para aprimorar seus conhecimentos vínicos e continuarem a degustar este líquido sagrado, que através dos tempos, acompanha o homem em sua caminhada nos momentos mais felizes e mais conhecimentos poderão obter lendo nosso livro recém lançado pela Editora Prismas de Curitiba, VINUM VITA EST – A HISTÓRIA VISTA PELO VINHO, pela Editora Prismas de Curitiba, sucesso de vendas em nossos cursos e palestras, um convite ao leitor (a) para um passeio cultural e didático pelo apaixonante universo da Enologia, adquira-o pelo fone(41)996889252 – osvaldopinheiro@gmail.com

Que nosso inverno seja brando, aquecido por esta iguaria dos deuses e dos homens. Wine in moderation art de vivre.

EVOE. BRADO DE SAUDAÇÃO Á BACO E DIONÍSIO POR SEUS SÚDITOS.

Osvaldo Nascimento Júniors.:

Advogado, Empresário, Enófilo,Sommelier, Colunista de diversos veículos de comunicações, Professor e Palestrante de Vinhos.

Caso queira rever algumas de nossas matérias vínicas, entre em www.icnews.com, e lá estamos nós a seus dispor Coluna VINUM VITA EST. Obrigado.