Foto: Divulgação/UEL

A Universidade Estadual de Londrina (UEL) entrega oficialmente nesta sexta-feira (8) a primeira Usina Fotovoltaica de Londrina, sistema de captação de incidência solar que deverá garantir uma produção de 489,6 MWh/ano, energia suficiente para manter aproximadamente 250 residências médias durante um ano.

A Usina, que tem 1.020 placas solares, ocupa uma área de 2 mil metros quadrados do estacionamento da Clínica Odontológica Universitária, no Câmpus Universitário, com capacidade para abrigar até 114 veículos.

A obra integra o Projeto de Eficiência Energética aprovado na Chamada Pública Copel-VPDE 001/2017, iniciativa da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A solenidade será às 14h30, no Anfiteatro Cyro Grossi, no Centro de Ciências Biológicas, no Câmpus Universitário, anexo à Usina e que será precedida de um Seminário sobre Eficiência Energética que terá início às 8 horas, no mesmo auditório.

A Usina Fotovoltaica é resultado de investimento público de R$ 4,9 milhões referentes aos Projetos de Eficiência Energética Prioritário e o de Pesquisa e Desenvolvimento Estratégico (P&D), aprovados em Chamada Pública, há dois anos.