Trump revela plano orçamentário em ano de eleição

357

O governo do presidente Donald Trump, dos Estados Unidos, revelou o plano orçamentário para o ano fiscal que terá início em outubro deste ano. O plano inclui grandes cortes em alguns programas, numa tentativa de reequilibrar o orçamento federal.

A proposta aumenta os gastos militares com a transferência de 705 bilhões de dólares para o departamento de Defesa, mas corta fundos do Departamento de Estado e de auxílio humanitário a outros países a partir deste ano em 11,7 bilhões de dólares, um corte de 22% e um sinal claro de que Trump vai levar o lema “América em Primeiro Lugar” de volta ao pleito quando tentar se reeleger no final deste ano.

Segundo o plano, os Estados Unidos “vão continuar pressionando seus aliados a contribuir mais para sua própria defesa.”

O orçamento sugere uma meta de 15 anos para a eliminação do déficit federal, que aumentou durante o governo de Trump, em parte como resultado de grandes cortes tributários.

Contudo, o orçamento tem como base a manutenção do crescimento anual em cerca de 3%, uma taxa significativamente maior do que a atual, gerando questionamentos sobre sua viabilidade em termos reais.