Em audiência no TRT-PR (9/6), o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias e Empresas de Instalações Telefônicas do Estado do Paraná (SINTIITEL) firmou acordo com a empresa ARM Telecomunicações e Serviços de Engenharia Ltda, que presta serviços para a OI S/A.

Os empregados da empresa que atuam em atividade considerada essencial haviam paralisado parcialmente suas atividades em todo o Paraná e mantinham apenas 40% do efetivo em atividade.

No acordo mediado pela vice-presidente do TRT do Paraná, desembargadora Ana Carolina Zaina, ficou estabelecido que a empresa restituirá todos os valores descontados pelo dias de paralisação em greve anterior, o que inclui salários, tíquete-alimentação, aluguel de carro, média da produção e indicadores, comprometendo-se a não efetuar novos descontos.
A multa estabelecida pelo não cumprimento de cada uma dessas obrigações foi estipulada em R$ 100 mil, revertendo em benefício do sindicato profissional. Ainda sob pena de mesma multa, a empresa repassará o montante das contribuições sindical e associativa até o 5º dia útil de cada mês. Há compromisso de que os trabalhadores não serão dispensados.
Outro item prevê que a empresa deposite os valores decorrentes do acordo até as 24 horas do dia 11 de junho de 2014. Cumprida a obrigação, os trabalhadores reassumirão imediatamente 100% dos serviços.
A pedido do sindicato dos trabalhadores foi designada nova audiência para o dia 18 de junho de 2014.