Três tendências da indústria de pagamento para 2020

412

Por Vlademir Santos, gerente, ACI Worldwide Brasil

À medida que a adoção de um sistema de Open Banking se torna realidade no Brasil, espera-se que muitas mudanças revolucionem o setor financeiro do país, especialmente aquelas relacionadas à forma como os pagamentos são feitos.

Em 2020, três tendências liderarão as ações de todas as empresas no setor financeiro, como bancos e fintechs. O setor de pagamentos, por exemplo, se tornará mais dinâmico e se beneficiará de ações em tempo real. A seguir, estão as três principais tendências que vemos tomando forma no setor de pagamentos este ano:

IMEDIATICIDADE

O Banco Central do Brasil destacou que o imediatismo é um dos principais pilares dessa nova etapa do setor de pagamentos. A
tendência de “pagamentos em tempo real” foi iniciada em 2019, mas ganhará força em 2020.

As tradicionais transferências eletrônicas disponíveis (TED), nas quais o dinheiro é transferido de uma conta bancária para outra sem a participação de papel-moeda, provavelmente serão substituídas por uma tecnologia que intermedie vários processos de pagamento e é capaz de fornecer efetivamente opções de dinheiro em tempo real transferência, 24/7. Isso permitirá novas oportunidades para os sistemas de pagamento.

Atualmente, já vemos no Brasil exemplos de serviços que funcionam com tecnologia de pagamento instantâneo, não vinculados pelas regulamentações governamentais. Lojistas, taxistas e freelancers são alguns dos profissionais que se beneficiam do uso de aplicativos de carteira digital. Isso ocorre porque é altamente considerado a opção de transferir diretamente o dinheiro do cliente para a conta do credor, sem a necessidade de terceiros, como instituições financeiras.

As Fintechs também estão estudando esse tipo de tecnologia e integrando-o em seus aplicativos e serviços, um sinal de que esse tipo de inovação é crucial para seu sucesso futuro.

PAGAMENTOS ANY-TO-ANY

O termo any-to-any refere-se a conexões de uma pessoa/grupo/serviço a outra pessoa/grupo/serviço, e isso pode incluir pagamentos envolvendo indivíduos sem conta bancária por meio de cartões pré-pagos.

Permitir que indivíduos não registrados em instituições financeiras façam pagamentos é a maior revolução em processos any-to-any. Oferece uma ampla gama de possibilidades para lojistas e consumidores, que podem se tornar mais participativos e aumentar seu poder de compra e presença no mercado.

Um grande obstáculo que a tecnologia any-to-any pode enfrentar é a adoção total por parte da população. Hoje, muitos dos processos de pagamento estão vinculados ao comportamento dos consumidores, que favorecem os métodos populares de pagamento, em vez dos métodos menos usados. Assim, o público precisa ser educado sobre novas possibilidades de mercado.

INTELIGÊNCIA DE PAGAMENTO

O pilar mais importante para as tendências de 2020 é a inteligência de pagamentos, afinal métodos de pagamento inovadores exigem mecanismos eficazes para transferir proteção e segurança.

Sem dúvida, a maneira como fazemos pagamentos e trocamos dinheiro passará por grandes mudanças nos próximos anos, e a necessidade de maior segurança segue o mesmo ritmo.

Hoje, a autenticação multifatorial e a impressão digital são adotadas por muitas instituições financeiras como uma maneira de mitigar os riscos de fraude e segurança em geral. Os serviços financeiros também contêm elementos de machine learning em sua estrutura, o que ajuda as instituições a aprender o comportamento do indivíduo e a detectar discrepâncias na maneira como as contas são usadas.

2020 será um ano emocionante para o setor de pagamentos e promete trazer muitas mudanças na maneira como as pessoas lidam com sua vida financeira. Embora a velocidade de implementação de tais tecnologias possa variar, mesmo uma adoção gradual pode ser altamente benéfica para o mercado.