Tragédias anunciadas

351

No Brasil é quase sempre assim, muitas leis e medidas que trazem melhorias à vida da população só passam a vigorar quando tragédias acontecem e levam pessoas à morte. Foi o que aconteceu semana passada no município de Brumadinho, em Minas Gerais, onde uma barragem administrada pela empresa Vale se rompeu e fez com que a cidade toda fosse soterrada por rejeitos de mineração. Até a produção desta edição, 292 pessoas estavam desaparecidas, sendo que mais de sessenta mortes haviam sido confirmadas. É uma situação lamentável, ainda mais quando se percebe os motivos que a produziram.

A incompetência e irresponsabilidade de empresários e profissionais produzem momentos como esse. Uma barragem que deixa de ser verificada da maneira ideal deixa explícito que houve negligência e corrupção por parte de várias pessoas e dos governos municial, estadual e federal. Trata-se de uma tragédia anunciada que poderia ter sido evitada se os envolvidos tivessem feito seu trabalho corretamente. A medida anunciada pelo governo para intensificar a fiscalização de barragens veio tarde demais! Muitas vidas não precisavam ter sido sacrificadas para que houvesse uma mudança como essa.