A operação de limpeza das praias paranaenses que a Sanepar começou a executar na última sexta-feira (16) contribuirá para gerar empregos no Litoral durante a temporada. Foram contratados 125 trabalhadores, entre coletores, motoristas, supervisores e pessoal administrativo. Toda esta mão de obra é local, gerando emprego e renda para moradores do Litoral. Entre empregos diretos e indiretos estão sendo ofertadas 300 vagas.

A contratação dos trabalhadores – que durante os treinamentos foram orientados a preservar as áreas de restinga, extremamente importantes para o ecossistema do Litoral – faz parte de um conjunto de medidas adotadas pela Sanepar para manter as praias limpas. A companhia já colocou em operação seis máquinas limpadoras de areia, que farão a limpeza dos61 quilômetrosde praia em Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná, municípios atendidos pela Sanepar.

Ao participar da abertura do programa Verão Paraná, feita pelo governador Beto Richa em Guaratuba, o presidente da Sanepar, Fernando Ghignone, reafirmou o compromisso da empresa com a qualidade de vida dos paranaenses. “A nossa expectativa é manter a praia limpa, com o serviço sendo realizado todos os dias. Além disso, vamos atuar em outras frentes, com educação ambiental e orientação sobre uso racional da água, limpeza da caixa d´água e separação do lixo”, afirmou.

A ação se estenderá até 29 de fevereiro de 2012. Nesse período, a Sanepar também distribuirá aos banhistas 50 mil coletores individuais de bitucas de cigarro, 300 mil sacos de lixo biodegradáveis e 200 mil revistas em quadrinhos com dicas de preservação ambiental.

As máquinas, peneiras automáticas puxadas por trator que separam o lixo e devolvem areia limpa à praia, trabalharão nas madrugadas, da 1h às 8h, inclusive sábados e domingos. Durante o dia (das 10h às 17h30), seis dumpers (veículos de pequeno porte, motorizados, com caçamba) circularão na faixa de banho. Ao mesmo tempo, coletores catarão o lixo da areia. Nesse trabalho serão usados carrinhos de mão, pás, ancinhos. Todas as pessoas envolvidas no trabalho foram orientadas a preservar as áreas de restinga, extremamente importantes para o ecossistema do Litoral.

A caçamba de cada máquina limpadora tem capacidade para 750 quilos. Quando estiver cheia, os resíduos serão recolhidos por equipes do Instituto de Águas do Paraná. Os dumpers têm capacidade para até 2 mil quilos. As máquinas limpadoras e os dumpers executarão o trabalho desde a Barra do Saí, município de Guaratuba, até a praia Pontal do Sul, município de Pontal do Paraná.