A TOMRA Sorting Recycling estará na Feira K 2019 (Hall 11 / F17) apresentando sua posição pioneira na economia circular, incluindo equipamentos de triagem como o recém-lançado INNOSORT FLAKE e dar uma visão sobre uma inovação revolucionária quanto a Inteligência Artificial

Nas últimas décadas, os recursos naturais foram explorados de forma imprudente para satisfazer a demanda infinita da civilização por matéria prima virgem, levando os recursos a se tornarem escassos e com um pressão sem precedentes. Particularmente o plástico encontra-se no foco com seu uso sendo questionado. Atualmente, cerca de 40% das embalagens plásticas são dispostas em aterros, 32% acabam poluindo a natureza e 8 milhões de toneladas de plástico são arrastadas para os oceanos, o que representa uma perda anual entre 80 e 120 bilhões de dólares de materiais. Rever a maneira como os recursos são obtidos, usados e reutilizados é a principal forma para superar a barreira da disponibilidade limitada de recursos naturais.
Como líder da revolução de recursos, e em sua posição única para estabelecer uma economia circular, a TOMRA propõe se afastar dos modelos de economias lineares e se alinhar à modelos de reaproveitamento que são verdadeiramente economias circulares. Diferentemente da economia linear atualmente dominante, em que os produtos são fabricados e descartados após o consumo, a economia circular visa a recuperação de materiais, que são trazidos de volta à cadeia de suprimentos com eficiência para serem transformados em novos produtos. Uma vez consumidos, os produtos não são descartados, mas coletados por sistemas de depósito, coleta seletiva ou recuperados em plantas de triagem de Resíduos Domésticos – MRFs, que selecionam diversos materiais para o subsequente processo de reciclagem.
Seguindo esse conceito, os recursos são mantidos em ciclo, visando qualidade de virgem e extraindo o máximo do valor do produto. Assim, agregando valor ao resíduo.

Com a economia circular sendo um tópico de considerável debate no setor, abordagens sistemicas já estão sendo discutidas para estimular a mudança. A nova legislação exigindo o aumento nos índices de reciclagem, a atração pelo mercado e os consumidores demandando produtos mais sustentáveis são favoráveis para transformar a teoria em prática. Soluções adicionais são criadas para promover a coleta de plásticos, para interromper o vazamentos, e uma infraestrutura de sistemas de depósito, bem como na fabricação de produtos regererativos e restauradores por design.

Com efeito, essas são soluções e processos ideais que só podem ser alcançados com todos os envolvidos na luta por um ambiente saudável e uma economia sustentável e próspera.

A TOMRA, sendo uma das principais partes interessadas e impulsionadora dessa transformação, promove a economia circular por meio de sistemas avançados de coleta e seleção que otimizam a recuperação de recursos e minimizam os resíduos. Suas soluções de triagem baseadas em sensores, como AUTOSORT, AUTOSORT FLAKE e INNOSORT FLAKE, são soluções bem estabelecidas que lideram o processo de seleção e reprocessamento na cadeia de valor do plástico.

Volker Rehrmann, vice-presidente executivo da TOMRA Reciclagem & Mineração e chefe da economia circular da TOMRA, afirma claramente: “Continuar usando nossos recursos de maneira insustentável e ineficiente não pode mais ser uma opção. Na TOMRA, levamos esse problema global a sério e desenvolvemos continuamente novas soluções de triagem. Na Feira K deste ano, daremos uma compreensão da economia circular e do papel que a TOMRA e seus produtos desempenham”.

Selecionando os pequenos

Exibiremos na Feira K, o INNOSORT FLAKE, um bom exemplo do impacto positivo e purificação no processo de reciclagem. Desde o seu lançamento no PRS Europe, em Amsterdã, em abril de 2019, ele se mostrou a solução ideal de classificação dupla em instalações de reciclagem de PET, purificando flakes de plástico de 2 a 12 mm por critério de cor e simultaneamente por tipos de polímeros. Assim, grandes proporções de contaminantes podem ser removidas e a potencial perda de material de flakes de PET são significativamente reduzida.

Esta solução completa, com resolução ultra-alta e configuração especializada de sensores, oferece
desempenho com resultados exponenciais. É uma solução de seleção com bom custo-benefício, com rápido retorno do investimento e flexibilidade escalável.

Selcionando inteligente

Além de fornecer máquinas de triagem de ponta, a TOMRA também desenvolve soluções inovadoras, avançando ainda mais o processo de triagem.

Considerando as possibilidades atuais de coletar e gerenciar grande volme de dados, e a inteligência artificial surgindo fortemente, a TOMRA segue em frente com o desenvolvimento de um software de deep learning para a seleção baseada em sensores.

Como um subconjunto de aprendizado de máquina e inteligência artificial, o software de deep learning está em posição de aprender individualmente a partir de uma quantidade considerável de dados coletados, igualando ou até superando os resultados de seleção alcançados por humanos e máquinas comuns. Com a combinação de modelos de deep learning e as soluções de seleção da TOMRA, os objetos que antes não podiam ser separados agora podem ser classificados com altos níveis de pureza. Nesse sentido, o deep learning é considerado uma abordagem promissora quando se trata de enfrentar os desafios crescentes na triagem de resíduos, como novos fluxos de resíduos, objetos sendo detectados, mas não ejetados ou cobertos com outros materiais.

A inovação contínua e os avanços tecnológicos para atender às demandas de hoje no processo de recuperação e reciclagem são essenciais para a TOMRA.

Na Feira K, a equipe TOMRA estará disponível todos os dias para oferecer aos visitantes da industria de plásticos internacional e tomadores de decisão, informações sobre o conceito de economia circular e a contribuição que suas máquinas podem dar no processo de reciclagem.