Tentando barrar os “fura-catracas”

331
A Urbs e o Setransp tentam acabar com o acesso aos ônibus sem pagamento de passagem

A Urbs e o Setransp, o sindicato das empresas do transporte coletivo de Curitiba, já detectaram os problemas com o equipamento em teste para tentar evitar a ação dos “fura-catracas”. A estação-tubo que recebeu o dispositivo foi a do Passeio Público e já no primeiro dia ficou claro que os “furões” conseguiam continuar entrando nos ônibus sem pagar a tarifa. Agora, com o reforço da borracha a Urbs e a Setransp vão avaliar a eficácia do sistema. Se o resultado for satisfatório, o dispositivo será instalado em todas as estações-tubo críticas em invasões. Neste caso específico, o custo do projeto fica com a empresa Transporte Coletivo Glória, que administra as linhas que passam na região.