Mário Petrelli, José Lúcio Glomb, Clèmerson Clève, Samuel Lago Junior, Hélio Rottenberg, Cláudio Loureiro, Eleidi Freire Maia, Cida Borghetti, José Cândido Muricy, Christiano Machado, Cícero Urban, Raul Anselmi Junior, Euclides Scalco, Luiz Fernando e Elin de Queiroz, Lincoln Fedato, Hélio Gomes Coelho Junior, Pedro de Paula Filho, René Dotti, Rogéria Dotti, Francisco Zardo, Eduardo Sganzerla, Eduardo Lopes Guimarães, Luiz Eduardo Veiga Lopes, Antonio Luiz de Freitas, José Dionísio Rodrigues, Antonio Carlos Costa Coelho, Ricardo Caldas, Joel Malucelli, Edmilson Mário Fabbri, Marisa Valério e Elizabeth Bettega Castor.

Há tempo para tudo, advertem textos sagrados judaicos. Agora é tempo de agradecer.

Por isso mesmo, a coluna acata pedido do Instituto Ciência e Fé de Curitiba (Fidelis et Constans) e registra seu agradecimento aos homens e mulheres que fizeram doações à campanha de Natal de 2018 promovida pela instituição.

A arrecadação de gêneros alimentícios e valores em dinheiro possibilitou ampliar no final do ano a base de apoio a famílias carentes que o Instituto desenvolve ao longo do ano. E que teve seu ponto alto no Natal, atendendo populações carentes de Areia Branca dos Assis, Mandirituba (com operacionalização pelas irmãs beneditinas do Mosteiro do Encontro), em Vila Deodoro e Planta Suburbana, em Piraquara, e famílias de Curitiba.

Para o Instituto Ciência e Fé, a palavra de agradecimento se resume num voto de “ad multos annos” aos doadores que foram:

Mário Gonzaga Petrelli, fundador e presidente emérito da RIC de Comunicação; José Lúcio Glomb, ex-presidente da OAB-PR; Cláudio Loureiro, presidente da Heads Propaganda; Clèmerson Merlin Clève, reitor e fundador da UniBrasil; Euclides Girólamo Scalco, ex-ministro da República; Cida Borghetti, ex-governadora; jornalista Ricardo Caldas; publicitário Antonio Luiz de Freitas, fundador e dirigente da Master Comunicação; José Dionísio Rodrigues, presidente e fundador do grupo OM (OpusMúltipla); Cícero de Andrade Urban, coordenador de Medicina da Universidade Positivo e vice-presidente do Instituto Ciência e Fé; Raul Anselmi Junior, cirurgião oncológico, diretor do Ciência e Fé; Edmilson Mário Fabbri, diretor da Stressclinica, e cirurgião geral; cirurgião Christiano Machado, coordenador de Residência em Urologia da Santa Casa de Curitiba; o presidente do Instituto dos Advogados do Paraná, Hélio Gomes Coelho Junior; Advogados René Dotti, Rogéria Dotti e Francisco Zardo; Marisa Valério, jornalista; Luiz Fernando e Elin de Queiroz, empresários da área editorial.

Entre os doadores que possibilitam ao Instituto Ciência e Fé atender pelo menos 120 famílias, no Natal e no correr dos meses próximos, registro ainda:

Engenheiro Luiz Eduardo Veiga Lopes; professor Antonio Carlos da Costa Coelho; professora Eleidi Freire-Maia; Elizabeth Bettega Castor; médico José Candido Muricy, do Hospital Dr.Muricy; engenheiro Lincoln Fedato, da Engevita; J.Maluceli (por meio da Fundação J.Malucelli), Eduardo Sganzerla, jornalista; Pedro de Paula Filho, empresário e presidente da Associação de Amigos do Hospital de Clínicas da UFPR; Samuel Lago Junior, empresário, conselheiro do Grupo Positivo; engenheiro e presidente da Positivo Tecnologia, Hélio Bruck Rottenberg; Eduardo Lopes Guimarães, empresário. E outros doadores a serem nominados oportunamente.


Veja no Afonso Pena a mostra “40 x 12”

A partir da esquerda, Orlando, Pallu, Júlio Cézar e Paulo (Foto Divulgação)

Até o próximo dia 17, quem transitar pelo Aeroporto Internacional Afonso Pena, na Região Metropolitana de Curitiba, poderá conferir as doze capas da Panorama do Turismo editadas em 2018.

A exposição “40×12” fecha projeto editorial desenvolvido, ao longo do ano passado, dentro de parceria da revista com o Grupo BRT, corporação paranaense com 40 anos de trajetória no mercado nacional de viagens.

BASE OPERACIONAL

A exposição foi montada no Afonso Pena – mais especificamente, em área nobre no piso de embarque – em função de o aeroporto ter se transformado, em 2018, em base operacional da revista.

COMEÇOU ALI

“A partir desse terminal aéreo, a equipe de reportagem alçou voo até cada um dos diferentes destinos turísticos transformados, depois, em conteúdo jornalístico das doze edições do ano”, assinala o banner de apresentação da mostra.

A EXPOSIÇÃO

A fita de abertura da exposição foi descerrada, na tarde desse dia 3, por Orlando Kubo, Antonio Pallu, Júlio Cézar Rodrigues e Paulo Finger – nessa ordem, presidente da ABIH-PR, superintendente do Aeroporto Afonso Pena, diretor da revista Panorama do Turismo e diretor comercial do Grupo BRT.


Bolsonaro pode mesmo anular nomeação para Itaipu

Carlos Marun: nomeação na gangorra

No Estadão desta sexta-feira, 4, informação garante que o presidente da República, Jair Bolsonaro, pode mesmo invalidar a nomeação de Carlos Marun para conselheiro de Itaipu. A designação foi um dos últimos atos de Michel Temer.

Pelo ordenamento jurídico da binacional Itaipu, presidente da República pode nomear e/ou cancelar nomeações para o conselho da empresa.

 

 

 

 

 

 


Kireeff convidado para a Compagás

Alexandre Kireeff

O governador Ratinho Junior vai fortalecendo a presença do interior em seu governo. Na quinta, convidou Alexandre Kireeff, ex-prefeito de Londrina, para presidir a Compagás.

 

 

 

 

 

 

 


Damares, além das frases absurdas

Damares Alves: alguns méritos

Não me alinho entre os que simplesmente desancam a pastora e agora ministra dos Direitos Humanos e Família Damares Alves. Até porque, além do primitivismo com que expõe seu pensamento meio trôpego, ela tem alguns méritos.

Por exemplo: tem visão ampla do que fazer para o socorro das crianças de rua e aquelas vítimas de violência. Trabalha com elas há anos. Até porque sentiu na carne, aos seis anos, ao ser estuprada por dois pastores evangélicos, a extensão do abandono das crianças, a quem muitas vezes não se dá muito crédito.

ESTÉRIL

Mais que isso: mulher que ficou estéril em decorrência do estupro, ela enfrentou com desassombro – por meio de uma ONG que dirige – a questão dos infanticídios em tribos indígenas. E promete continuar a combatê-los, apesar de uma insana oposição de certa “gauche” firmada sobretudo nas redes sociais.

FREIRAS TAMBÉM

Na defesa da vida da criança índia, descartada por tribos, em função de limitações físicas ou por terem nascido mulheres (além da cota de cada comunidade) ela não está sozinha.

Dias atrás, por exemplo, irmã Teresa Paula, 77, portuguesa, beneditina do Mosteiro do Encontro, de Mandirituba, me lembrava que freiras salesianas, em Manaus, há muitos anos salvam também vidas de bebês índios descartados por suas tribos.

CRIPTOMOEDA

Outra medida de bom senso de Damares: ela acabou com o convênio entre Universidade Federal Fluminense e FUNAI para a criação de uma criptomoeda indígena (!!!!), no valor de R$ 44 milhões. Coisas do Governo Temer, diga-se.

No mais, Damares deve fazer um voto de silêncio: suas eventuais boas intenções estão sendo mortas pela boca da ministra, como a proclamação do “meninos e meninas”. Entre outras declarações ‘non sense’.

A novidade: ela escolheu duas secretárias do Ministério: uma das políticas públicas, entregue a uma deputada da Igreja Universal; outra, da Família, entregue a uma filha de Ives Gandra Martins, advogada, professora, filósofa.


BOMBEIROS:

Plataforma informa serviços ao cidadão

O Corpo de Bombeiros do Paraná criou uma plataforma inédita para informação e serviços ao cidadão, por celular. O aplicativo é capaz de informar, em tempo real, as condições climáticas, a localização de postos guarda-vidas das praias e a balneabilidade das águas do Litoral.

O Corpo de Bombeiros criou uma plataforma capaz de informar, em tempo real, as condições climáticas, a localização de postos guarda-vidas das praias e a balneabilidade das águas do Litoral. O aplicativo está disponível para download no Google Play e no App Store gratuitamente. (Foto: Divulgação PMPR)

Está disponível para download no Google Play e no App Store, gratuitamente.

Lançada em dezembro de 2018 para os sistemas Android e iOS, a plataforma é resultado de estudo que envolveu integrantes do Corpo de Bombeiros, da Defesa Civil e da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), para ser utilizado a partir da Operação Verão Paraná 2018/2019. O aplicativo é pioneiro no Brasil ao se basear no Protocolo de Alerta Comum (Common Alerting Protocol – CAP), desenvolvido pela Organização Meteorológica Mundial, a qual estabelece parâmetros de alertas sobre as condições de clima que podem ser compreendidos em todo o planeta. É com os dados computados por esta organização que os alertas são emitidos e repassados aos usuários da região que será afetada.

“É um diferencial para a temporada de verão, pois as pessoas podem baixar o aplicativo gratuitamente e terem acesso a informações importantes, que facilitam o contato com o Corpo de Bombeiros em casos de emergência”, disse o coordenador operacional da Operação Verão e Comandante do 8° Grupamento de Bombeiros, tenente-coronel Gerson Gross.

GEOLOCALIZAÇÃO

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o aplicativo utiliza uma tecnologia de geolocalização que informa ao usuário os alertas, contendo o tipo de fenômeno (chuva, granizo, ressaca, ventos fortes), data e hora de início e fim da condição climática, para que o cidadão possa ter mais tempo de se preparar e se proteger. Além de cobrir o Litoral, o mapa de alertas abrange a Região Metropolitana, Curitiba e o Interior do Estado, de acordo com a localização do smartphone do usuário.


22 mil servidores são exonerados

Servidores em atendimento

Nos primeiros dias do ano, ao menos dez governadores determinaram a exoneração de 22 mil funcionários que ocupavam cargos de livre indicação em seus estados. Embora alguns desses postos devam ser substituídos, a medida tem o objetivo de retirar funcionários escolhidos por gestões anteriores e dar sinais de comprometimento com economia. No plano federal, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) já exonerou 3,4 mil comissionados.

(O GLOBO)