Todos os pratos da trattoria são bem servidos

João Lellis, proprietário da Lellis Trattoria (r. Gonçalves Dias, 51, Batel), anuncia uma boa nova: a redução de preços em vários itens do cardápio. Alguns pratos de carne, como o medalhão para duas pessoas, baixaram R$ 40, de R$ 180 para R$ 140. Também preparos com camarão e massas tiveram seus preços reajustados para baixo.

Lellis destaca que  a medida decorre da estabilização da inflação,  PIB do país, que está com bom desempenho, e dos custos dos insumos utilizados pela Lellis Trattoria, que estão em queda: “Conseguimos reduzir os preços de todo o nosso cardápio e também da nossa carta de bebidas (água, suco, cerveja e refrigerantes e demais itens alcoólicos). Vale destacar, também, o preço dos vinhos importados que, recentemente, foram retirados do regime de Substituição Tributária, e que hoje podem ser degustados por valores bem mais interessantes”.

O preço do almoço executivo da Lellis, com pratos bem servidos para uma pessoa – com salada, principal e sobremesa –, somando no conjunto mais de 30 sugestões, caiu de R$ 59,90 para R$ 48,90. Para viabilizar a redução, o restaurante deixou de servir o couvert, com azeitonas e patês e as brusquetas; quem desejar, pode pedir em separado, ao preço de R$ 9,90.

Uma noite francesa

Vinhos franceses das regiões da Borgonha, do Rhône e de Bordeaux vão harmonizar com pratos clássicos da culinária francesa na última edição de La Nuit du Vin de 2019 do bistrô L’Épicerie (r. Fernando Simas, 340, Bigorrilho), na terça-feira 10 de dezembro, às 20h. O jantar tem a parceria com a importadora Porto a Porto e custa R$ 156 por pessoa, mais serviço.

A sequência: salada de brócoli com lascas de salmão defumado, uma releitura com salmão da salada eleita a melhor entrada da cidade; acompanha o espumante da Borgonha Veuve du Vernay Brut Rosé; vol ao vent com recheio de boeuf bourguignon, com o Côtes du Rhône Abel Pinchard; tournedos de filé mignon ao molho poivre, confit de cebola e batatas gratinadas, harmonizado com o Château Reynon, de Denis Dubourdieu, da região de Cadillac, na Côtes de Bordeaux; crème brûlée de flor de laranjeira e o espumante Veuve du Vernay Demi-Sec.