“Sou um capitão do Exército, ele é um pacifista”, diz Bolsonaro em memorial de Gandhi

392

O presidente Jair Bolsonaro levou flores ao memorial do líder pacifista Mahatma Gandhi, tido como um dos heróis nacionais do país asiático. A cerimônia durou pouco menos de dez minutos e o presidente recebeu um busto de Gandhi, decisivo para o processo pacífico de independência da Índia em relação ao Reino Unido no ano de 1947.

Perguntado pela imprensa sobre o que achou da cerimônia, respondeu que o momento “toca a alma da gente”. Sobre a sua avaliação da figura de Gandhi, disse: “Olha, eu sou um capitão do Exército, ele é um pacifista, tá certo? Mas, obviamente, a gente reconhece o seu passado sempre pregando a paz, a harmonia, a liberdade”, disse.

O presidente da República ganhou um busto de Gandhi e disse ter ficado emocionado com a cerimônia de depósito de flores. “É uma cerimônia que toca a alma da gente, o país tem suas tradições, tem sua história, e, assim como Brasil, é um país emergente.”

@grassi_m com assessoria