A vitória de Sophia Medina no Rip Curl Grom Search fez sua família reviver um evento que seu irmão famoso Gabriel conquistou anos atrás. Após duas etapas, a surfista de 12 anos conquistou a premiação na categoria para meninas até 16 anos e será a representante brasileira na etapa mundial, em 2019. “É um orgulho enorme, como pai, de poder ajudar tanto o Gabriel quanto a Sophia. Hoje eu tenho esperança. Ela já vem trazendo resultados parecidos com os do Gabriel, mas claro que ainda é muito cedo para falar, até porque um atleta só vai se formar com 15 ou 16 anos”, explicou Charles, feliz da vida com a evolução da filha.

Da Austrália, onde se prepara para o início do Circuito Mundial de Surfe, o campeão do mundo se emocionou ao receber a notícia do feito da irmã, ainda mais diante de adversárias mais velhas. “Alguns anos atrás, eu participei desse mesmo campeonato e foi onde tudo começou.”, escreveu. O crescimento de Sophia se deve também à criação do Instituto Gabriel Medina (IGM), que é um fator que o surfista não tinha lá atrás, mas agora sua irmã pode contar com uma estrutura profissional. Para Charles, o crescimento da atleta é nítido nos últimos meses, independentemente do título conquistado.

Com informações do Estadão