A série Irmandade, gravada em um pavilhão desativado da Penitenciária Estadual de Piraquara (PEP) estreou neste fim de semana na Netflix.

Criada por Pedro Morelli e produzida pela O2, ganhou uma imersão nos bastidores da produção através de entrevistas com o elenco principal do título. “É uma série de ação, tem muito suspense, tem uma tensão muito grande sobre o que vai acontecer com os personagens”, revela Seu Jorge em vídeo inédito.

Ambientada na cidade de São Paulo dos anos 90, Irmandade conta a história de Cristina (Naruna Costa), uma advogada honesta e dedicada que descobre que seu irmão Edson (Seu Jorge) está preso e lidera uma facção criminosa em ascensão. “Quando começa, a Cristina tem um pensamento mais conservador, que é herança do pai, e isso vai se quebrando à medida em que ela tem mais informações sobre o passado. E esse passado começa a se aproximar, que é a história do irmão”, conta Naruna Costa.

Na trama, Cristina é forçada pela polícia a virar informante e a trabalhar contra o irmão, que não vê há anos. Ao se infiltrar na Irmandade, numa missão arriscada e perigosa, ela entra em contato com seu lado mais sombrio, e passa a questionar suas próprias noções de Justiça. “Uma das coisas mais bonitas que a personagem revela é justamente sentir o peso das escolhas. A série faz essa pergunta: o que é o certo? Quando a gente pensa que está fazendo o correto, a gente está baseado em quê?”, opina a atriz.

Já Hermila Guedes, que dá vida a Darlene, mulher de Edson, destaca a importância de Cristina na história da sua personagem. “Acho que a Cristina põe sementinhas na vida da Darlene que é se descobrir como mulher e o poder que ela tem. Talvez ela não soubesse o poder que tinha. Acho que a Darlene entende a vida de uma maneira muito apaixonada e, ao mesmo tempo, muito cruel. Ela não tem medo de morrer e não tem medo de viver”.

ASSISTA https://www.youtube.com/watch?v=1kbhCP7joYw

Sobre Irmandade

Ambientado na cidade de São Paulo dos anos 90, o thriller conta a história de Cristina, uma advogada honesta e dedicada que descobre que seu irmão Edson está preso e lidera uma facção criminosa em ascensão – conhecida como “Irmandade”. Ela é forçada pela polícia a virar informante e a trabalhar contra o irmão, que não vê há anos. Ao se infiltrar na Irmandade, numa missão arriscada e perigosa, ela entra em contato com seu lado mais sombrio, e começa a questionar suas próprias noções de Justiça.