O ministro Luiz Fux, vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou para a primeira instância da Justiça Federal uma ação em que o Movimento Brasil Livre (MBL) pede que o senador Renan Calheiros seja impedido de concorrer à presidência do Senado. O MBL alega que Renan responde no STF a ao menos nove inquéritos relativos a supostos casos de corrupção.