A seleção brasileira masculina de vôlei conquistou nesta segunda-feira (14) o título da Copa do Mundo, torneio quadrienal realizado no Japão.
Nessa edição, 12 seleções que estão entre as principais forças dos seus continentes participaram da competição, algumas com desfalques.
O time brasileiro, comandado pelo técnico Renan Dal Zotto, confirmou a conquista por antecipação após vencer os anfitriões japoneses por 3 sets a 1 nesta segunda. Foi a décima vitória em dez jogos na Copa. A campanha será encerrada na madrugada desta terça (15), contra a Itália.
O título deste ano é o terceiro do Brasil no torneio -também ganhou em 2003 e 2007- e o mais relevante até agora sob o comando de Renan, que assumiu a seleção após a conquista na Olimpíada do Rio-2016.
A Copa do Mundo, menos relevante que o Campeonato Mundial, já ocupou papel mais importante no calendário do vôlei e era qualificatória para os Jogos Olímpicos do ano seguinte, algo que não ocorrerá para a edição de 2020.
Os brasileiros já estão classificados para Tóquio após venceram um torneio pré-olímpico disputado na Bulgária em agosto, quando precisaram virar um jogo que perdiam por 2 sets a 0 contra os anfitriões.
Em outro torneio internacional deste ano, a Liga das Nações, a seleção acabou na quarta colocação.
Agora, o calendário do vôlei se volta para a temporada de clubes. No Brasil, o início da Superliga masculina está marcado para o dia 9 de novembro. O torneio feminino começa três dias depois.