Lançamento, nesta terça-feira, em Curitiba, contou com a presença de mais de 300 empresários do segmento

 

O Sebrae/PR, o Secovi-PR e o Sistema Fecomércio lançaram nesta terça-feira, dia 12, um programa de competitividade para imobiliárias do Paraná. O lançamento foi em Curitiba e contou com a presença de 300 empresários do segmento, durante café da manhã no Estação Convention Center. Ao todo serão formadas 11 turmas em todo o Estado, cinco em Curitiba, duas em Londrina, duas em Cascavel, uma em Maringá e uma em Pato Branco.

 

“O Programa de Competitividade para Imobiliárias tem como objetivo dar às empresas participantes a capacidade de avaliar, decidir e implementar de forma consistente e sustentável a gestão de seus negócios. Isso vai ajudar no seu desenvolvimento”, explica o coordenador estadual dos projetos de Construção Civil do Sebrae/PR, Edvaldo Pires Corrêa. O Prosperar, desenvolvido pelo Sebrae/PR, será o ponto de partida para fortalecer o segmento, formado na sua maioria por micro e pequenas empresas.

 

O Prosperar – Programa de Excelência em Performance Empresarial foi criado para avaliar a performance e medir a evolução das empresas participantes. A imobiliária que participar terá condições de levantar os pontos fortes e oportunidade e pontos fracos e ameaças do negócio, a base para a elaboração de um planejamento estratégico e de um plano de melhoria. Com o Prosperar, os empresários obterão indicadores de competitividade do segmento e do setor, bem como definirão um indicador de competitividade de cada empresa.

 

Mercado imobiliário

 

O lançamento do Programa de Competitividade para Imobiliárias foi acompanhado da divulgação de quatro pesquisas, duas realizadas pelo Instituto Paranaense de Pesquisa e Desenvolvimento do Mercado Imobiliário e Condominial, o Inpespar (um dos agentes de serviço do Secovi-PR) e duas pelo Sebrae/PR. O Secovi-PR fez uma análise do mercado imobiliário, de compra e venda e locação em Curitiba. Paulo Celles, vice-presidente de Lançamentos e Comercialização Imobiliária do Secovi-PR, e Luiz Valdir Nardelli, vice-presidente de Locação e Administração Imobiliária do Secovi-PR, divulgaram números e fizeram uma análise de mercado.

 

De acordo com o estudo do Secovi-PR, os imóveis para compra e venda tiveram uma valorização de 45% em média na capital paranaense. Dentre os fatores para o cenário positivo, Celles citou a economia estável, o controle da inflação, dólar em queda e o aumento da renda da classe média e da população de menor renda. No mercado de locações, a oferta de imóveis no Paraná cresceu em média 23,8%. Luiz Valdir Nardelli informou ainda uma mudança de perfil dos imóveis locados em Curitiba. Em 2000, 75% do mercado de locação concentravam-se em imóveis de até R$ 450. Em 2009, o quadro inverteu-se e os imóveis são locados por valores maiores.