Foto: AEN/PR

Representantes do Governo do Estado estiveram nesta semana em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, para conhecer a área que deverá receber o projeto-piloto do programa Produção Social da Moradia, que visa a produção de casas populares para população de baixa renda no modelo de autogestão.

Participaram o secretário de Estado do Planejamento e Projetos Estruturantes, Valdemar Bernardo Jorge, o coordenador de Projetos e Políticas Públicas da Superintendência do Diálogo e Interação Social, Roland Rutyna, e o secretário-executivo do Concidades Paraná, Orlando Bonete.

A equipe foi recebida pelo prefeito de São José dos Pinhais, Toninho Fenelon, e pelo líder comunitário Irineu Guimarães, representante da União Por Moradia Popular do Paraná. Roland Rutyna fez breve relato sobre o histórico da área e da organização dos projetos de engenharia e técnico-social, que tiveram início em 2009, com a destinação da área pela Superintendência de Patrimônio da União para produção de moradias populares por meio do Programa Minha Casa Minha Vida Entidades.

O Grupo também visitou a Vila Iná, comunidade que ocupa uma área às margens do Rio Pequeno, há aproximadamente 13 anos. O secretário do Planejamento destacou a importância de dar sequência, com urgência, ao Programa de Produção Social de Moradia, pois além dos objetivos sociais também possibilita a geração de renda para as comunidades envolvidas.
Nos próximos dias o grupo de trabalho deverá se reunir na cidade de Cornélio Procópio, onde estão sendo construídas 238 moradias na modalidade de autogestão.