Samu mais do que dobrou a cobertura de atendimentos

777

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) mais do que dobrou o número de cobertura de atendimentos no Paraná. Uma série histórica levantada pela Secretaria de Estado da Saúde mostra que em 2010 apenas 43,83% da população paranaense era atendida pelo serviço. Atualmente 90,25% da população e 85,96% dos municípios do Paraná recebem o atendimento do Samu.

De janeiro a novembro deste ano foram mais de 679 mil ligações acionadas pelo canal de atendimento 192. A maioria, cerca de 35,8%, é de homens acima de 80 anos. Os atendimentos variam entre urgências clínicas, cirúrgicas, gineco-obstétricas, psiquiátricas, pediátricas e causas externas (acidentes, violências). As linhas de cuidado prioritárias são: Infarto Agudo do Miocárdio, Acidente Vascular Cerebral (AVC) e trauma. A estrutura do serviço é realizada por regiões, visando integrar, hierarquizar e aperfeiçoar o fluxo dos pacientes, buscando uma assistência resolutiva e de qualidade.

“A alta cobertura do Samu e a excelência nos atendimentos é resultado dos investimentos em equipamentos e em educação permanente que a Secretaria da Saúde propicia para a área”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

AEN