Roma terá sessão especial

840

Em 15 de fevereiro, às 19h, no Cineplus Jardim das Américas, única exibição em Curitiba do filme Roma. No Paraná, apenas outra cidade, Londrina, terá sessão – dia 16, às 20h, na sala dos Cinemas Lumière Royal. Os ingressos podem ser adquiridos em http://vitrinefilmes.eventbrite.com.

Vencedor do Globo de Ouro de melhor filme e indicado ao Oscar 2019 em dez categorias, o longa mexicano está na Netflix desde 14 de dezembro e agora ganha sessões especiais em alguns  cinemas do Brasil.

Dirigido e escrito por Alfonso Cuarón (Gravidade), Roma nasce clássico em preto e branco. Conta a história de um grupo de mulheres (fortes, resistentes e sobreviventes) durante a forte repressão social e política que assolou os povos latinos nos anos 70.

O roteiro focaliza Cleo (Yalitza Aparicio, indicada ao Oscar em sua primeira interpretação). Ela é a babá e empregada doméstica de uma família moradora de Roma, um bairro de classe média da Cidade do México. Cuarón, inspirado na própria infância, extrai de um núcleo familiar os conflitos de amor, de diferença social e da repressão orquestrada pelos EUA contra seus vizinhos latinos nos anos 70. O diretor, no filme, é o doce menino que sonha ser piloto de avião.

A história resulta em uma obra dramática, densa, rica em sua simplicidade e imprópria para público mediano.

No Brasil, a distribuição será pela Vitrine Filmes, que também anuncia, entre os lançamentos do ano, Divino Amor, dirigido por Gabriel Mascaro e com Dira Paes no elenco, Bacurau, novo filme do diretor Kleber Mendonça Filho, com Sonia Braga, e Pedro, novo longa da diretora Laís Bodanzky, produzido e protagonizado por Cauã Reymond. Além disso, segue pelo terceiro ano consecutivo com o projeto de distribuição coletiva de filmes Sessão Vitrine Petrobras, que durante o ano todo irá lançar dez longas nacionais em mais de vinte cidades.