Rolândia terá bueiros inteligentes ou ecológicos

383

A lei dos “bueiros inteligentes”, proposta pelos vereadores Alex Santana (PSD) e Rodrigão (SD), foi aprovada e sancionada pelo prefeito Luiz Francisconi (PSDB). A “bocas de lobo inteligentes” possuem uma caixa coletora, que funciona como uma peneira, que permite a passagem da água, mas retém material sólido.

Este novo método prevê a diminuição dos problemas provocados pelo acúmulo de águas em vias públicas, em períodos de chuvas intensas, além de evitar que os mesmos fiquem entupidos. “A quantidade de reclamações que chega até nós sobre bueiros entupidos é enorme. Por isso, fizemos até um teste e instalamos grades em alguns locais para ver se surgia efeito e deu certo”, explicou o vereador Alex Santana.

As “bocas de lobo inteligentes” só serão instaladas em novos locais. A proposta sugere que este novo recurso seja exigido apenas para novos loteamentos, mas o município pode, a seu critério, instalar esse novo modelo em pontos críticos. Surgindo a necessidade de instalação em locais críticos, a ação seria realizada de modo gradativo, uma vez o projeto em si não propõe uma ação imediata da situação e tudo também depende do orçamento disponível.

Para quem ainda não conhece a “boca de lobo inteligente” é composta de caixa coletora e confeccionada em material termoplástico, com capacidade mensurada de acordo com os parâmetros técnicos dos bueiros da cidade de Rolândia. “A nossa intenção com essa lei é uma padronização dos novos bueiros instalados na cidade, o que hoje não é uma realidade. Isso dificulta muito a manutenção desses locais causando transtornos à população”, afirmou o Santana.

Fonte:  jornal de rolandia