Reguladoras

371

Mais de 46% dos funcionários da Agência Nacional de Transportes Terrestres são favoráveis à fusão entre a ANTT e Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ). Outros 31% se posicionaram contra a medida e 21% disseram “não ter opinião formada”, como mostra pesquisa feita pela Associação dos Servidores da ANTT (Aseantt) à qual a Coluna teve acesso. Para acabar com indicações de diretores vinculados a partidos, o Governo Bolsonaro discute a criação da Agência Nacional de Transportes que, além da ANNT e ANTAQ, poderá ter em sua estrutura a Agência Nacional de Aviação (Anac).

 

Proposta

 

A diretora da Aseantt, Leilane Normando, diz “tratar-se de uma pesquisa inicial” e que a Associação continua aguardando uma proposta concreta e oficial do Governo Federal. Procurada pela Coluna, a assessoria da ANTT não quis comentar a pesquisa.

 

Infraestrutura

 

Em uma das primeiras mudanças do Governo Bolsonaro, as agências ligadas ao setor de transportes passaram a ser vinculadas ao Ministério da Infraestrutura, chefiado por Tarcísio de Freitas.

 

Conselhos

 

O Ministério da Cidadania confirma que o Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea) e “os demais conselhos vinculados à Presidência da República” foram extintos.

 

MP

 

Coluna registrou que a procuradora do MPF, Deborah Duprat, questionou a pasta na última semana se o Consea deixou de existir. O ministério afirma que foram mantidas todas as competências que havia nos conselhos, mas agora em outros órgãos.

 

 

CPI

 

Líderes do PT falam em conseguir mais de 190 assinaturas para instalar a CPI na Câmara para investigar o caso do ex-motorista Fabrício Queiroz. Apostam que, além da oposição, terão o apoio de “descontentes” da base de Bolsonaro. Para uma CPI ser instalada, são necessárias 171 assinaturas.

 

Supersalários

 

Pente-fino do Tribunal de Contas da Paraíba identificou mais de 30 mil servidores que acumulam cargos. Há casos de funcionários com sete vínculos, na Paraíba e estados vizinhos, e remuneração que ultrapassa os R$ 75 mil.

 

Comida portuguesa

 

Presidente interino, o general Mourão almoçou domingo, 20, com a esposa, Paula, e uma amiga do casal no Tejo, Lago Sul, em Brasília. Proprietário do restaurante especializado em comida portuguesa, Manuel Pires (ex-maître Manuelzinho) é amigo de Mourão desde os tempos do Antiquarius do Leblon.

 

Bacalhau do general

 

Mourão comeu bacalhau ao forno à portuguesa, pastéis de bacalhau e risoles de camarão. “Ele sempre pede isso, quando vem ao Tejo e quando ia ao Antiquarius. Quando ele chega a gente já sabe. Pede bacalhau do general”, afirmou Manoel. Na saída, o general concordou em tirar selfies com fregueses.

 

Combate à violência

 

Delegada da Polícia Civil do Rio, Sandra Maria Pinheiro Ornellas será a responsável pela subsecretaria de Combate à Violência Contra a Mulher. Ela integra o Fórum Permanente de Violência Doméstica da Escola da Magistratura (Emerj) e contribuiu com a adaptação do Modelo de Protocolo Latino Americano elaborado pela ONU.

 

Prêmio Embaixadores

 

A cantora Hanna receberá em março, no Sofitel, o Prêmio Embaixadores do Rio,  idealizado há três décadas pelo gestor Bayard Boiteux.

 

ESPLANADEIRA

Restaurante Portinha de Arraial d`Ajuda foi eleito o melhor self-service por quilo da Bahia em concurso da ABRASEL. O chef Leo Possa também levou o 1º lugar no quesito ‘Avaliação da Receita’ com o prato “Ceviche de banana da terra, palmito e camarão rosa”.