Chef Délio Canabrava quer repetir o sucesso do evento

O bar CanaBenta (r. Itupava, 1431) realiza dia 14 de setembro, das 11h30 às 17h, em seu estacionamento, a 2ª Queima do Alho de Curitiba, um churrasco fogo de chão. Inspirado na cultura e gastronomia dos peões boiadeiros, o evento é realizado no Sudeste e Centro Oeste há mais de 200 anos. Por isso, é considerado o mais antigo evento gastronômico do Brasil, segundo Délio Canabrava, proprietário do CanaBenta.
Quem for à Queima do Alho de Curitiba vai poder degustar pratos típicos da culinária tropeira: costela no fogo de chão, carneiro assado, varal de carnes, leitão assado e filé assado. Para acompanhar, arroz carreteiro, feijão tropeiro e farofa de carne seca. Os pratos, incluindo uma carne e os acompanhamentos, vão custar R$ 35. De sobremesa, doces e sorvetes da esposa de Délio, Renata Canabrava, dona da confeitaria Banoffi.
Vários chefs de cozinha estarão participando, cada um responsável por um preparo diferente. Além do próprio Délio Canabrava, estarão presentes o mestre assador Leandro Hess, preparando a costela; Rodger Weiss, da Casa Weiss, no arroz a carreteiro; Alê Gonçalves, do restaurante Pistache, no feijão tropeiro; Fernando Matsuchita, do Peruano, com a farofa de carne seca; Rafael Kula e José Adônis, do Quittuto, no varal de carnes e cordeiro.