Christiane Machado, coordenadora do curso de Publicidade e Propaganda da Universidade Positivo: “Todo mundo acha legal esse papo de longevidade, de que a expectativa de vida está aumentando, todo mundo quer viver mais. Mas ninguém quer ficar velho”.

Pesquisa de doutorado da coordenadora do curso de Publicidade e Propaganda da Universidade Positivo, Christiane Machado, mostra que a publicidade brasileira não fala com o público idoso e, quando fala, é de forma estereotipada. “Além de as próprias marcas não quererem direcionar seus produtos e suas mensagens para os idosos, nas mensagens que são para um público mais amplo, os idosos também não aparecem. E, quando aparecem, são de uma forma muito de antigamente, aquele vovozinho, aquela vovozinha”, comenta a publicitária.

A professora observou as propagandas dos 10 maiores anunciantes do país, que representam mais de 200 marcas, para saber se a presença dos idosos na publicidade era condizente com sua participação na sociedade. “Os idosos aparecem em menos de 3% das propagandas. O fato de eles não estarem presentes e, principalmente, de em alguns casos eles serem mostrados de maneira muito estereotipada, demonstra certo preconceito. As marcas não querem ser associadas com consumidores mais velhos porque as pessoas ainda têm preconceito com o envelhecimento. Todo mundo acha legal esse papo de longevidade, de que a expectativa de vida está aumentando, todo mundo quer viver mais. Mas ninguém quer ficar velho”, ressalta Christiane.

Pesquisa do Instituto Locomotiva e da Bradesco Seguros aponta que R$ 1,8 trilhão são movimentados por consumidores com mais de 50 anos, por ano, no Brasil – o que representa 42% da movimentação financeira de todos os brasileiros. Apesar da pesquisa atual não abranger a recepção, ela diz já haver a percepção de que as marcas estão perdendo um grande público potencial. “Os idosos de atualmente são ativos, intelectualmente desenvolvidos, consumidores de fato. Se, há meio século, a pessoa com 60 anos não era um consumidor em potencial, hoje ela tem um nível de atividade – e até um poder aquisitivo – que se assemelha ao que era uma pessoa de 40 anos no passado”, justifica.

Cris Alessi: “Uma cidade mais colaborativa”

Giselle Suardi, apresentadora do “Band Mulher”,  o presidente da ADVB-PR Eduardo Jaime Martins, a palestrante Cris Alessi e a presidente da BPW-Curitiba, Birgit Keller Marsili.

A presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, Cris Alessi, participou de uma edição do Business Connect, promovido  pela Associação dos Dirigentes de Vendas do Paraná (ADVB-PR) e a Business Professional Woman – seção Paraná (BPW).

Publicitária e especialista em comunicação digital na gestão, com experiência em projetos de inovação em Curitiba no Vale do Pinhão, Cris  Alessi  trouxe  ao Business Connect um bate-papo sobre “Uma cidade mais colaborativa”. O evento aconteceu no Hard Rock Café, em Curitiba.

Ela detalhou aos presentes,as ações da  Agência Curitiba de Desenvolvimento, que conecta a prefeitura com startups, empreendedores, instituições de ensino e cidadãos com o Poder Público e setores externos.  Segundo ela “o  objetivo é realizar transformação interna da prefeitura, levar inovação para todas as áreas da administração municipal e para a cidade. O principal projeto é o Vale do Pinhão, movimento que engloba os pilares da Educação e Empreendedorismo, Reurbanização e Desenvolvimento, Fomento Fiscal, Integração e Articulação e  Tecnologia”.

Se não usar celular, ganha sobremesa

O Lobert Bistrô, em Curitiba, recompensa os casais que não utilizarem o aparelho celular durante o jantar com uma das sobremesas do cardápio de forma totalmente gratuita.

No Lobert Bistrô (Rua visconde de nácar, 471, bairro São Francisco) é muito comum Gustavo Portugal e Paulo Gubert verem diariamente este tipo de situação: basta dar uma volta pelo espaço exclusivo com apenas 18 mesas para perceber que além de estarem equipados com seus garfos e facas, os clientes  também não largam dos telefones celulares durante o jantar.

Pensando nisso, os empresários tiveram a ideia de propor um desafio em troca de uma recompensa saborosa: o restaurante vai recompensar os casais que não utilizarem o aparelho celular durante o jantar com uma das sobremesas do cardápio de forma totalmente gratuita.

Para o sócio-proprietário e chef Paulo Gubert, a iniciativa é um convite a se desconectar e desfrutar de um ambiente completo onde os clientes podem sentar, conversar, relaxar e interagir com seus companheiros de mesa. “ Nós estamos muito felizes com esta ação, e esperamos que as pessoas comprem essa ideia junto conosco. Não há nada mais gratificante do que ver nossos clientes felizes, desfrutando da nossa gastronomia e da companhia um do outro”, comenta Paulo. Conheça o bistrô no site http://www.lobertbistro.com.br/ .

Livro para mulheres empreendedoras

Adelaide Giacomazzi lança livro no Rio de Janeiro

A empresária curitibana, Coach e mentora de produtividade para empreendedores, Adelaide Giacomazzi, lança o livro “Empreendedoras Produtivas – Programa Restartme” nesta terça-feira, 6 de agosto, às 14 horas, na Casa Histórica de Deodoro – o Instituto de Geografia e História Militar do Brasil (IGHMB) – no Rio de Janeiro. Durante o lançamento, ela fará palestra sobre “Empreendedorismo: uma chave para o desenvolvimento econômico”. Adelaide é fundadora e proprietária da Learning Coach. Membro da BPW – Curitiba, é integrante do comitê de Responsabilidade Social da ong. Tem experiência de mais de 25 anos em empresas como Petrobras, GVT e Grupo Boticário e é formada em Ciência da Computação e Administração de Empresas.

Perfil de Nicolle Karin, hoje na Racco

Nicolle Karin, atua desde 2013 como gerente de marketing e produtos da Racco

A gerente de marketing e de produto da Racco Cosméticos é Nicolle Karin Rauen. Farmacêutica de formação pela Universidade Positivo, Nicolle cursou MBA na California International Business University em San Diego, EUA. Envolvida com a Racco Cosméticos há muitos anos em cargos distintos, atua desde 2013 como gerente de marketing e produtos da marca, que conta com mais de 300 itens em sua linha. Com 30 anos de mercado, a Racco trabalha com produtos de beleza, saúde e home care distribuídos através do marketing de rede.

Paradigma do direito de imagem

Conselho da Mulher Empresária, da Associação Comercial do Paraná vai promover palestra, no próximo dia 12,  com Julia Carolina de Souza Michels sobre “Paradigma do Direito de Imagem Frente ao Empreendedorismo e as Novas Tecnologias.  Será  no Edificio Barão do Serro Azul, sede da ACP, NA Rua XV de Novembro, 621, 8º andar.

“Talk Art Work” na Galeria  Zilda Fraletti

Foi realizado no início desta semana na galeria Galeria  Zilda Fraletti  um “Talk Art Work”, com o tema  “A Internacionalização da Carreira  do Artista”. Conforme informa Zilda Fraletti. A conversa foi com André  Mendes, Eduardo Freitas, Juliane  Fuganti e Marcelo Conrado.