Projeto visa formar mais de 400 novos voluntários para atuar em prol da sociedade

497

Programa foi lançado nesta quinta-feira (5), Dia Internacional do Voluntariado, e integra as ações solidárias da Província Marista Brasil Centro-Sul 

Com expectativa de promover a formação de mais de 400 novos voluntários, um projeto lançado nesta quinta-feira (5), em Curitiba (PR), tem como objetivo incentivar ações de solidariedade em hospitais, escolas sociais, universidades e outras instituições. Desde  2005, a Província Marista Brasil Centro-Sul (PMBCS), responsável pelo projeto, já realizou missões voluntárias em 48 localidades, que contaram com a participação de mais de dois mil jovens. Atualmente, somente em hospitais, 267 pessoas participam de projetos da Província.

“Buscamos formar voluntários que se tornem sujeitos com discursos sociais diferentes, que pensam no próximo e entendem suas realidades. Uma experiência de voluntariado só faz sentido se traz transformação para aquele que participa”, destaca Bruno Manoel Socher, integrante da Diretoria de Identidade, Missão e Vocação da PMBCS. O “Voluntariado Marista” foi elaborado com foco na formação de jovens voluntários no interior dos hospitais, escolas e universidades do Grupo Marista. O projeto ainda compreende atuações voluntárias externas, em instituições, ONGs ou congregações religiosas que desenvolvam trabalhos sociais. 

“Nossa expectativa é de termos mais de 400 jovens participando do projeto, divididos em grupos de 80 integrantes. Também abrimos a iniciativa para colaboradores, familiares dos estudantes e ex-alunos do Grupo Marista. Essa experiência é ativa, mas também voltada para a educação: buscamos formar uma consciência solidária, integrando todos os participantes”, explicou Socher.

Lançamento

O lançamento do projeto foi realizado em homenagem ao Dia Internacional do Voluntariado. No evento, participantes de ações sociais partilharam suas vivências como voluntários. É o caso do psicólogo, analista de pastoral do Hospital Cajuru, Sidnei Evangelista da Silva, de 36 anos. O voluntariado entrou na vida de Sidnei na época da faculdade, quando atuou em uma associação que acolhe crianças e adolescentes vítimas de violência doméstica. Desde então, ele vivenciou diversas experiências, sendo uma das mais marcantes a que participou em El Salvador, um dos países mais violentos do mundo. 

Foram 10 meses de vivência junto a Irmãos Maristas de diversos países, em que atuou como voluntário em uma escola social que atendia uma comunidade em vulnerabilidade social. Antes da experiência, ele participou de uma formação similar à proposta do projeto Voluntariado Marista.  “Ser voluntário é transformador. O voluntariado evoca essa questão do encontro, consigo mesmo, com o outro, com Deus. É algo que proporciona crescimento pessoal, emocional, espiritual, uma experiência que só tem a agregar. Você não só leva um pouco de si, mas também recebe, faz bem, você se sente parte de uma missão maior”, disse.

O projeto 

As atividades do Voluntariado Marista foram organizadas por meio de um itinerário, com diferentes atividades que estimulam a ação solidária tanto no interior das instituições, quanto em organizações externas. O projeto é dividido em cinco fases, com idade mínima de participação de 15 anos. Na primeira etapa, realizada dentro dos colégios e escolas sociais, os adolescentes participarão de ações locais, em um primeiro contato com experiências de solidariedade. As atividades serão desenvolvidas em cinco unidades da PMBCS nos estados do Paraná, Santa Catarina e São Paulo.

As fases seguintes buscam a imersão dos participantes nas práticas voluntárias, como explica Socher: “Na segunda etapa, os jovens passam uma semana em uma de nossas 21 unidades sociais, que prepara atividades nas quais eles vivenciem a experiência de comunidades em situação de vulnerabilidade social. Assim, eles entenderão aspectos como território, direito ao brincar e a perspectiva de escutar e entender outra realidade”.

Na última etapa, a PMBCS oferece acompanhamento para que os jovens façam um voluntariado nacional ou internacional, em um dos 81 países com Missões Maristas pelo mundo. 

Para participar, os interessados devem fazer um cadastro pelo site: www.marista.org.br/voluntariado .

Dia Internacional do Voluntariado

O dia 5 de dezembro foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU), como o Dia Internacional Do Voluntariado. Nesta data, diversos segmentos da sociedade promovem ações ao redor do mundo, relembrando a importância da doação e da solidariedade. Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2018 apenas 4,3% da população brasileira fez algum tipo de trabalho voluntário.