Edson Campagnolo, presidente do Sistema Fiep: “estamos sendo reconhecidos para continuar fazendo nosso trabalho”. Ao fundo, senhora Lucia Fiuza, diretora da Pró-Vida. Fotos: Gelson Bampi

Por Luiz Augusto Juk

Em cerimonia realizada no final de semana foi feita a entrega das chaves e doação de um prédio da Pró-Vida ao Sistema Fiep que está localizado na Rua Paula Gomes, no bairro São Francisco. O prédio onde funcionará a 13ª unidade do Sistema Fiep, foi batizada como “Centro de Educação Profissional Dr. Celso Charuri”, em homenagem ao fundador da Pró-Vida.

O investimento para construir e equipar o novo espaço das Fiep, chega a aproximadamente R$ 20 milhões, provenientes da Central Geral do Dízimo, departamento da Pró-Vida que recebe doações anônimas e financia projetos sociais. A estrutura, que fica em um terreno pertencente ao Sistema Fiep, possui área total de 6.963 m², com 13 salas de aula e 10 laboratórios para oferta de cursos profissionalizantes do Senai, podendo atender até 1,7 mil alunos por dia.

Diretor Geral da Pró-Vida, Nelson Machado Costa: “o caminho para se conseguir uma sociedade mais justa é criar oportunidades”. Ao fundo, senhora Lucia Fiuza, diretora da Pró-Vida. Fotos: Gelson Bampi

O prédio do novo espaço da Fiep, foi construído pela RAC Engenharia fundada em Curitiba em 2001, empresa quem vem conquistando espaço e reconhecimento no mercado por cumprir prazo e boa qualidade nas obras. Em sua fala de agradecimento ao Pró-Vida, o presidente do Sistema Fiep, Edson Campagnolo, disse que “estamos sendo reconhecidos para continuar fazendo nosso trabalho. Recebo estas chaves e compartilho com os alunos do Senai e com quem acredita no Brasil. Obrigado Pró-Vida, vocês estão nos ajudando a melhorar a vida das pessoas”.

Ao explicar os motivos que levaram a doação, o Diretor Geral da Pró-Vida, Nelson Machado Costa, disse que “nós consideramos, na Pró-Vida, que o caminho para se conseguir uma sociedade mais justa é criar oportunidades para que todos recebam uma educação que os habilite a se sentirem úteis e participantes da sociedade”.

Presidente e diretores do Sistema Fiep com representantes da Pró-Vida . Fotos: Gelson Bampi

O “Centro de Educação Profissional Dr. Celso Charuri” ofertará cursos e serviços do Senai em áreas como audiovisual, automação e mecatrônica, tecnologia da informação, eletroeletrônica. As formações estarão alinhadas principalmente com as demandas do conceito de Indústria 4.0. Para isso, abordará tecnologias como realidade aumentada, internet das coisas, robôs autônomos, segurança digital e big data. A unidade terá ainda um espaço maker e de coworking, além de uma incubadora e aceleradora de startups, que oportunizarão a formatação de ideias propostas pelos alunos em soluções efetivas e aplicáveis. A Central Geral do Dízimo Pró-Vida (CGD), entidade sem fins lucrativos , é considerada uma instituição beneficente de Utilidade Pública, com reconhecimento nas instâncias municipal, estadual e federal, realiza doações a entidades assistenciais como hospitais, creches, asilos, orfanatos e APAEs. A arrecadação de fundos da Central Geral do Dízimo é realizada através de depósitos bancários anônimos.

Nos 38 anos de atuação, a Central Geral do Dízimo (CGD e suas afiliadas já beneficiou mais de 11.000 instituições com veículos, ambulâncias, materiais de construção, equipamentos médico-hospitalares, oficinas e outros itens

Edson Campagnolo ladeado pela equipe da RAC Engenharia, empresa responsável pela construção do prédio. Fotos: Gelson Bampi
José Antônio Fares, Superintendente do Sesi/IEL e Diretor Regional do Senai. Fotos: Gelson Bampi
Solenidade de entrega do centro foi muito prestigiada. No palco, o Diretor Geral da Pró-Vida, Nelson Machado Costa. Fotos: Gelson Bampi
Centro de Educação Profissional Dr. Celso Charuri

 

CARTA DE PRINCÍPIOS

Temos por Princípio evoluir o homem, porque não acreditamos que o homem seja produto do meio, mas sim que o meio é produto do Homem.

Acreditamos que o homem que é produto do meio é homem com “h” minúsculo, e um meio digno se faz com Homens com “H” maiúsculo. Nós acreditamos que devemos evoluir o homem, porque a Evolução é meta do Universo; é medida Universal.

Acreditamos que o homem tem uma razão de ser, e por isso acreditamos no equilíbrio entre corpo e espírito. Somos temperados em relação à unidade humana.

Acreditamos que tudo tem uma razão de ser e que o homem, na face da Terra, também tem uma razão de estar aqui. A procura desta Razão leva-nos ao Criador e, portanto, admitimos a existência do Criador.

Por admitirmos isto, sabemos que não somos deuses; no máximo, quando evoluídos, podemos ser filhos de Deus. Por isso tudo, respeitamos até a mais humilde criatura de todos os reinos e, dado esse Respeito, que advém da compreensão do Todo, respeitamos a vida em todos os seus aspectos e em todas as suas manifestações.

As nossas reações seguem os padrões de nossos Princípios, e por isso não agredimos os que nos contrariam: simplesmente retiramo-nos e deixamos espaço para aqueles que ainda dele necessitam.

Louvamos a Liberdade, porque sabemos que ela é fruto da Justiça, que só se consegue com muita Coragem de empreender um caminho em direção à Verdade, aquela que deve existir e que é Suprema e Absoluta ao nível de todos os possíveis relativos.

Por isso nos intitulamos PRÓ-VIDA – Integração Cósmica.

CELSO CHARURI

Idealizador e Fundador da PRÓ-VIDA