Polícia Civil conclui inquérito que investiga policiais em Londrin

309

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) concluiu, na sexta-feira (21), o Inquérito Policial que apurava o envolvimento de sete policiais civis de Londrina com desvio de carga apreendida. A ação faz parte da diretriz de combate à corrupção pela PCPR, seja fora ou mesmo dentro da instituição.

Os servidores foram indiciados por peculato e associação criminosa. A PCPR representou pela prisão preventiva dos sete e o Poder Judiciário decretou todas elas.Assim, devem permanecer presos por tempo indeterminado durante o processo.

Uma operação deflagrada pela PCPR no dia 13 de fevereiro deste ano, resultou na prisão temporária dos investigados que estão detidos desde aquele dia.

O CASO – Os servidores estavam sendo investigados desde dezembro de 2019, quando teriam desviado uma carga apreendida contendo produtos eletrônicos e perfumes oriundos do Paraguai para proveito próprio.

Conforme apurado, os investigados não teriam entregue toda a mercadoria apreendida na ação à Receita Federal. Os produtos desviados são avaliados em aproximadamente R$ 450 mil.

Os policiais, todos investigadores de polícia, foram indiciados por peculato e associação criminosa. Além da esfera criminal, também estão sujeito à punição administrativa. Sob pena de demissão de cargo.