Plano de expansão da Selfsy no  Paraná e Europa

3512

Joice Sabatke: “A empresa surgiu com base na busca cada vez maior por opções de alimentação saudável”

A Selfsy, empresa especializada na produção de açaí e polpa de frutas, inicia um plano ambicioso de expansão pelo Brasil e exterior. Com 533 pontos de venda em 67 cidades de Santa Catarina, a marca acaba de chegar aos mercados paranaense e europeu. No estado, os seus produtos estão disponíveis na rede Angeloni de supermercados. Já na Europa, o ponto de partida é Portugal. São Paulo e Rio Grande do Sul estão entre os próximos passos.

“No Paraná, pretendemos crescer ainda mais com uma abordagem omnichannel e já estamos cadastrando distribuidores nesse sentido. Sobre Portugal, entendemos ser uma porta de entrada para toda a comunidade europeia. Temos também cotações em curso para outros mercados, como Kuwait e Canadá. Acreditamos que o mercado internacional possa valorizar os atributos de saudabilidade nos quais nos esmeramos em toda a cadeia de produção da Selfsy. As perspectivas são as melhores”  revela a curitibana Joice Sabatke, fundadora da empresa.

Jornalista de formação com passagens por diversos veículos, como o jornal Zero Hora, a revista Veja e a editora Europa (tendo sido nesta chefe de redação), Joice resolveu repensar a vida e a profissão e viu no empreendedorismo uma grande oportunidade para crescer. Decidiu, então, criar a Selfsy, em 2008, após 9 meses de pesquisa e análise de mais de 150 opções de nome.

“A Selfsy surgiu com base na busca cada vez maior por opções de alimentação saudável, mas que, com a correria do dia a dia, também precisam ser práticas, que a pessoa possa fazer por ela mesma, no ritmo de self service, onde estiver. O curioso, além dos 9 meses que levaram até a criação da marca, é que ela nasceu minutos antes de eu entrar na maternidade para dar à luz a minha filha, em 22 de setembro de 2008. Mas só iniciamos nossas atividades em 2012 por questões burocráticas”,  conta.


Lançamento do  “Guia da Noiva 2019“

Empreendedoras parcerias no guia

O lançamento da 23ª. Edição do Guia Noivas & Eventos, foi no Palácio Garibaldi (São Francisco). As anfitriãs foram as empreendedoras Ariadne Muller Volpe, Auridiana Muller e Rosi Santos Ferreira. Presentes também, entre outras, as parceiras do guia  as empreendedoras  Cristina Lisboa, do  Studio Lisboa,   Alessandra Lirani , da  Beautiful Nails, Luciana Proença,  da Pop Cream, jornalista Cris Osike , representando a  empresa do esposo Anderson Netto (Cathedral Picture), Fernanda Witkowski  ( Princess & Prince),


Paranaense eleita  Miss Brasil 2018

A estudante paranaense  Debora Regina Hoffmann foi eleita “Miss Brasil Globo 2018”

Natural de Salgado Filho, no Paraná, a estudante Debora Regina Hoffmann foi eleita neste mês de dezembro,   Miss Brasil Globo 2018. O concurso é organizado pelo Danilo D’avila Eventos e foi realizado no Teatro Brasil 21 Cultural, em Brasília, na primeira quinzena de dezembro 2018.Debora Regina Hoffmann, 22 anos,   tem 1,74m, olhos azuis e cabelos loiros. Ela já foi Rainha da Festa do Vinho e do Queijo do município  em  2013.  No evento nacional,   em  segundo lugar foi classificada Daiany Souza,  Miss Distrito Federal e em terceiro lugar Miss Minas Gerais – Sheila Pereira. Conforme informação a organização do evento,  Debora vai dar inicio a preparação para o Miss Internacional Globo que será realizado no primeiro semestre de 2019, na  Europa.


Redentor desenvolve projeto pioneiro

Deficientes visuais apontam dificuldades e soluções na mobilidade urbana.

O Departamento de Recursos Humanos da empresa  Auto Viação Redentor, uma das tradicionais empresas que integra o Sistema de Transporte Coletivo  de Curitiba,  promoveu para cobradores e motoristas, um encontro em que participaram deficientes visuais  que relatam as dificuldades e soluções de locomoção, com auxilio de um cão-guia. O projeto, em caráter pioneiro entre as empresas de transportes,  teve o apoio do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoas com Deficiência.  Um dos participantes, o fisioterapeuta Roberto Leite, que é deficiente visual, explicou, por exemplo,  que seu cão,  “é meu parceirão, companheiro de todos os dias, me fez voltar a andar com a mesma segurança e agilidade com que eu caminhava quando enxergava.” E acrescenta: “Mas preciso que as pessoas, sejam os usuários mas também as empresas tenham noção o quanto eles podem colaborar com os deficientes visuais, repassando informações, como é o caso da Auto Viação Redentor, que dá um bonito exemplo”.


Professora da FGV aponta tendências para 2019

Anna  Cherubina Scofano
A professora de gestão de pessoas e coordenadora de curso da Fundação Getulio Vargas,  Anna Cherubina Scofano  avalia que 2019 promete ser um ano com mais otimismo em termos de oportunidades de trabalho e investimentos no Brasil  frente aos anos anteriores. De acordo com ela, já é notório o surgimento de mais vagas de trabalho, embora ainda estejamos distantes do suprimento de vagas para tamanho número de desempregados.”Apesar de grande parte dos estados brasileiros estar mergulhada em uma crise sem precedentes, já percebemos no fim deste ano que o mercado está um pouco mais aquecido tanto para contratações e consultoria, quanto para novosempreendimentos”, diz Anna Cherubina. A especialista na gestão de empresas e carreiras ressalta que distintos setores já reagem à crise, dentre eles o setor de petróleo. Nessa área, ela indica algumas profissões em alta. “Mecânico de sonda; encarregado de solda de  extração de petróleo; engenheiro de petróleo; gerente de operação de sonda; operador de sonda; operador de estação; técnico de petróleo; técnico de sondagem e gerente de engenharia de petróleo são algumas das oportunidades que devem aparecer na área de petróleo e gás”, destaca a professora da FGV.Na área jurídica, Anna Cherubina afirma que algumas vagas serão abertas para advogados tributários, societários, especialistas em crimes e compras na internet, analista de tributos e consultor de tributos.

Você sabe fazer Networking?

Leila Duarte

Networking mais assertivo,  o ponto principal é o relacionamento com pessoas, e fazer conexões com tecnologia, reflexões, insights, principalmente mudar o mindset. Leila Duarte que é Administradora, MBA em Gerenciamento de Projetos e Especialista Lean Six Sigma, fala que tudo na vida é questão de relacionamento e que demora  para ser construído e exige foco e paciência. “Já ouviu falar da política da boa vizinhança? Desde criança fazemos Networking, mas, na época, não tinha esse nome bonito. Quando precisávamos de um salgado de festa de última hora? Corria na casa de fulana, que fazia o melhor salgado do bairro. Um ajuste na calça? Fala com a sicrana, perto do mercado, a melhor costureira do bairro. Elas faziam Networking porque tinham admiração, elas eram ótimas no que faziam, simpáticas e cordiais, mas não sabiam” comenta.


Smart City Expo em março

O Smart City Expo Curitiba 2019, que ocorrerá nos dias 21 e 22 de março, no Expo Barigüi,  já tem os primeiros nomes de palestrantes confirmados para a área do congresso internacional. Um dos principais destaques é Brooks Rainwater, executivo sênior e diretor do Center for City Solutions, organização dedicada a pesquisas, estudos, assistência técnica e ferramentas de educação que preparam as cidades para os desafios do futuro. Rainwater, que integra a Liga Nacional das Cidades dos Estados Unidos, organização de defesa com 19 mil cidades norte-americanas. Estão confirmados  importantes nomes internacionais como Mila Gascó, diretora de Pesquisas no Centro de Tecnologia para o Governo, e professora da Universidade de Albany (EUA); Jane Martin, proprietária do Shift Design Studio, especializado em negócios relacionados ao design e construção de ambientes sustentáveis na cidade de São Francisco (EUA); Diego Gismondi, subsecretário de inovação pública do Governo de Santa Fé, na Argentina; Andrea San Gil, diretora do Centro para a Sustentabilidade Urbana da Costa Rica.

O evento deve receber mais de 6 mil pessoas e as inscrições e compras do passaporte para a área de congresso já podem ser feitas pelo site: https://www.smartcityexpocuritiba.com/. O acesso à área de exposição, em que dezenas de empresas apresentam soluções e produtos inteligentes, é livre e só precisa de inscrição prévia no mesmo site.


Vendas pela OLX crescem 266%

Por meio da OLX, muitos brasileiros estão conseguindo o seu 13º de maneira independente. A plataforma registrou, de outubro a novembro,  um aumento de 266% de itens vendidos em anúncios com os termos “Natal”, “renda extra” e “fim do ano”. Em novembro, o número de produtos relacionados a “fim do ano” comercializados foi 17% maior que no mesmo período em 2017. Já na comparação de outubro para novembro, o crescimento foi de 219%. No mês passado, a plataforma recebeu 35% mais anúncios com as mesmas expressões.

As preferências para quem quer gerar renda nessa época são trabalhos manuais, revenda de produtos e preparo de guloseimas caseiras. A amazonense Kleiziane Gomes começou a produzir bolo de pote e viu na OLX uma maneira de ampliar suas vendas, além de garantir o seu 13º salário como autônoma.

“Comecei a anunciar bolos de pote pela plataforma há dois meses e deu certo! Estou surpresa com a quantidade de pessoas que usam a OLX. Tenho vendido mais do que esperava, o que é ótimo para aumentar meu faturamento. Praticamente todos os que me procuram compram para revender e também gerar lucro extra neste período”, afirma a comerciante.


Prazo para Adesão ao Simples Nacional

As empresas que querem optar pela adesão ao Simples Nacional para 2018 devem correr, pois tem até o dia 31 de janeiro para realizar essa opção e, uma vez deferida, produzirá efeitos a partir do primeiro dia do ano calendário da opção. “Se a pessoa fizer a opção e houver algum tipo de restrição terá que ajustar até o fim de janeiro. Porém, se deixar para a última hora, as ações para ajustes serão praticamente impossíveis”, explica Welinton Mota, diretor tributário das Confirp Consultoria Contábil, que lembra que o programa é bastante atrativo na maioria dos casos.Assim, antes de aderir ao Simples Nacional é necessário a eliminação de possíveis pendências que poderiam ser impeditivas para o ingresso ao regime tributário, como débitos com a Receita. A opção pode ser feita pela internet no site: www8.receita.fazenda.gov.br/simplesnacional. É importante lembrar que é possível as empresas de serviço também podem aderir ao sistema simplificado de tributação.