Segurança, praticidade e menos tempo de deslocamento. Essas foram as impressões dos usuários que estreiaram nesta terça-feira (30) a mais nova linha de ônibus metropolitano da Região de Curitiba. Convênio assinado entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Curitiba possibilitou a integração entre os terminais de Pinhais e Centenário, na Capital. Com isso, a linha Jardim Iraí foi ampliada e passou a se chamar Pinhais/Centenário.

Antes os usuários que pretendiam fazer este trajeto precisavam parar no terminal do Capão da Imbuia e trocar de ônibus antes de desembarcar no bairro Centenário. Com a linha direta, segundo estimativas da Comec (Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba), o tempo de deslocamento caiu de 35 para 20 minutos. Ou seja, meia hora no trajeto de ida e volta.

“Nada mais justo do que o Governo colaborar para essa modernização. Temos que minimizar o impacto diário que o trabalhador tem para se locomover dentro das cidades”, afirmou o governador Carlos Massa Ratinho Junior. “Buscamos o equilíbrio para levar mais conforto para a população que usa o transporte público”, acrescentou.

A estimativa, de acordo com o diretor de Transporte da Comec, Willian Correa, é que em torno de mil pessoas sejam beneficiadas diariamente com a nova possibilidade de deslocamento entre Pinhais e Curitiba.

Segundo o presidente da Comec, Gilson Santos, essa linha era uma demanda reprimida de muito tempo da população da região. “Há uma economia no tempo muito expressiva, além, é claro, de um melhor atendimento para o usuário”, disse. “A determinação do governador Ratinho Junior é para termos um olhar atento para as pessoas”, afirmou.

Foto: AEN/PR