Petrobrás inicia processo de demissão de trabalhadores da Araucária

366

Petroleiros que estão em greve desde o início do mês fizeram uma manifestação na manhã desta sexta-feira (14) na Rodovia do Xisto, em Araucária. O protesto foi contra as demissões dos funcionários da Araucária Nitrogenados S/A (Ansa), também conhecida como Fafen-PR. De acordo com o Sindicato dos Petroleiros do Paraná e de Santa Catarina, os trabalhadores já estão recebendo as cartas de demissão e foram chamados para a comparecer em local escolhido pela empresa nesta sexta-feira, para a rescisão do contrato de trabalho.

A Petrobras anunciou no mês passado o início do processo de hibernação da fábrica e o desligamento dos 396 trabalhadores que atuam na Ansa. Segundo a empresa, a Ansa é deficitária e, entre janeiro e setembro de 2019, registrou um prejuízo de quase R$ 250 milhões. A Petrobrás informou ainda que além das verbas rescisórias legais, os funcionários receberão um pacote adicional de benefícios que inclui um valor monetário adicional entre R$ 50 mil e R$ 200 mil, de acordo com a remuneração e o tempo de trabalho. Também terão a manutenção de plano médico e odontológico, benefício farmácia e auxílio educacional por até 24 meses, além de uma assessoria especializada em recolocação profissional.

Da Redação com informações da Assessoria