A Petrobras anunciou nesta quinta-feira (11) aumento médio de 5,7% no preço do diesel, que vigora a partir desta sexta-feira (12). É o primeiro reajuste após 20 dias sem alterações, apesar de alta nas cotações internacionais do produto durante o período.
No fim de março, sob ameaça de nova paralisação dos caminhoneiros, o governo pediu à estatal mudanças em sua política de preços para o diesel, que passou a respeitar prazos mínimos de 15 dias sem reajustes.
A medida foi criticada pelos próprios caminhoneiros, que a consideraram insuficiente para resolver os problemas da categoria. Eles pedem maior fiscalização sobre o cumprimento da tabela dos fretes mínimos.
A alteração na política de preços foi vista com desconfiança pelo mercado ao indicar ingerência política na estatal.
Nesta sexta, o litro do óleo diesel sairá das refinarias da empresa, em média, a R$ 2,2662, ante R$ 2,1432 vigentes desde 22 de março. Os preços variam de acordo com o ponto de entrega. Nicola Pamplona