Pequeno alívio

401

A economia brasileira ainda não está boa. Esta realidade é evidente no mercado de trabalho, nos preços dos produtos, nos impostos exorbitantes, nas taxas altas de juros e em tantos outros fatores. No entanto, parece que um pequeno alívio começa a se desenhar. Segundo informações da Fundação Getulio Vargas (FGV), divulgadas em seus dois indicadores do mercado de trabalho, o Brasil fechou 2018 com estabilidade nessa área. O crescimento, logicamente, é o movimento esperado. No entanto, a estabilidade já é um bom sinal em comparação com as fortes quedas ocorridas no emprego em meses anteriores. Será uma grande alegria para milhares de cidadãos se o mercado de trabalho tiver uma geração de empregos maior.

E isso é urgente, levando em conta a situação trágica que engoliu completamente a economia brasileira nos últimos anos. A partir de agora, não se pode viver do passado, apontando os erros de antigos governantes ou depositando na crise internacional a culpa pelos problemas. É necessário que o atual governo faça seu trabalho de reerguer as finanças com competência, transparência e honestidade. E cabe ao povo trabalhar, também, com honestidade, colocando em prática planejamento financeiro e responsabilidade social. Só assim haverá um crescimento com ritmo forte e constante.