Ushuaia, um dos três destinos da Patagônia Fantástica

Há pelo menos 10 razões para o turista brasileiro cumprir um roteiro chamado Patagônia Fantástica na próxima temporada de primavera-verão, segundo a chefe do programa de assuntos internacionais da secretaria de Turismo de Ushuaia, Cristiane Cavalli. Ela apresentou na manhã da quarta-feira 23/8, em Curitiba, no Bourbon Curitiba Convention Hotel, as atrações daquele destino argentino, englobadas em três cidades: Península Valdez, El Calafate e Ushuaia. “O melhor da Patagônia está no lado argentino”, disse em tom de provocação aos agentes de viagens que participaram do evento.
O workshop contou também com a presença do secretário de Turismo da Municipalidade de Ushuaia, Juan Valerio Cherañuk; da gerente da Aerolíneas Argentinas para o Sul do Brasil, Rosângela Cruz; do cônsul da Argentina em Curitiba, Pedro Marota; e de uma série de empresas da Patagônia, entre redes hoteleiras, de turismo receptivo e de turismo de aventura.
Abrindo o leque das atrações da Patagônia Fantásticas, Cavalli a descreve como “terra de fantasias, mitos e lendas”, que inclusive inspirou o escritor francês Julio Verne, em sua obra “O farol do fim do mundo”.
Península Valdez é um santuário da fauna, com as colônias de baleias, que podem ser admiradas entre junho e dezembro; seus lobos marinhos, elefantes marinhos e a imensa quantidade de pinguins. No museu Paleontológico está o esqueleto do maior dinossauro já encontrado no mundo.
El Calafate é o reino mágico dos glaciares, as famosas geleiras, com destaque para o glaciar Benito Moreno, extenso e branco de neve.
Ushuaia é a capital da Terra do Fogo, o fim do mundo, itinerário de cruzeiros provenientes de todas as partes; são mais de 400 navios durante o verão. Ali estão o parque nacional e campos de golfe, que pode ser praticado em qualquer estação; cassinos, zona franca, inúmeros museus e galerias de arte. “Pode-se curtir um voo panorâmico de helicóptero ou fazer um brinde com espumante no topo da Cordilheira dos Andes”, garante Cristiane Cavalli, que sugere reservar cerca de 10 dias para conhecer as atrações.
No mais, a Patagônia Fantástica é a porta de entrada à Antártida; tem bons hotéis e completa estrutura de serviços; é sede de grandes eventos; oferece toda simpatia e hospitalidade; possui uma gastronomia de primeira (sugere a centolla, caranguejo gigante, a merluza preta e o cordeiro patagônico, imperdíveis.)
As 10 razões fecham com a excelente conectividade e acessibilidade aos três aeroportos da região. O destino estás lançando um aplicativo, mas, num primeiro momento, informações detalhadas podem ser encontradas em turismoushuaia.com.

Um passeio pelos vinhedos do Chile

O restaurante do La Casona, em meio ao bosque e à beira do lago

Com a proximidade da chegada da primavera, os vinhedos chilenos ficam mais verdes e vistosos, e o aumento da temperatura é mais do que um convite para explorações nas lindas áreas do país tomadas por plantações de uvas.
Envolto por parreirais que se espalham por um terreno de 16 mil hectares, o equivalente a 16 mil campos de futebol, a Viña Matetic (matetic.com), com seu hotel-boutique La Casona, no Vale do Rosário, região vitivinícola a 1h20 de carro de Santiago, é justamente um desses destinos tranquilos e charmosos para desfrutar na estação mais aprazível e florida do ano, seja fazendo cavalgadas e passeios de bicicleta ou degustando alguns dos grandes vinhos produzidos ali mesmo.
O dia 18 de setembro marca o feriado mais importante do Chile, as Fiestas Patrias (festas pátrias), que celebram a primeira forma autônoma de governo surgida no país, o primeiro passo para a independência chilena, em 1818.
Assim, além de descansar, bebericar e curtir os atrativos do hotel – como a piscina com vista para os vinhedos -, os hóspedes do La Casona poderão participar dos festejos, que na propriedade incluem a apresentação de algumas atividades rurais tradicionais.
É o caso da “muestra de riendas”, em que os huasos (a versão local dos gaúchos existentes em países como Brasil e Argentina), vestindo seus belos trajes típicos, mostram a profunda relação entre homem e cavalo. Jogos tipicamente chilenos, voltados tanto aos adultos como às crianças, música folclórica e degustação de pratos como “cordero al palo” (cordeiro no espeto) também estão na programação oferecida pelo empreendimento.
Com apenas oito acomodações que levam o nome de cepas de uvas, o La Casona ocupa um casarão colonial centenário que foi cuidadosamente remodelado e decorado. E como tudo ali gira em torno do vinho, os visitantes da Matetic têm à disposição um wine bar e uma loja que vende os vinhos da marca e uma série de produtos relacionados, bem como o restaurante Equilibrio.
Situado junto a um lago, o espaço capitaneado pelo chef Francisco Guzmán serve comida típica chilena e carnes, tudo preparado com produtos orgânicos colhidos na horta do complexo e que contam com sugestão de harmonização com os vinhos da casa. E, como não poderia deixar de ser, são oferecidos tours diários, com direito a degustações. (Com informações da ADC Comunicação).


IDA&VOLTA

NOW BOARDING
Os jornalistas Jean Luiz Féder, Sonia Bittencourt e Daniela Féder, da Post Comunicação, transformaram o Aeroporto Jornal, que circulou durante 21 anos, em uma moderna revista chamada Now Boarding (embarque imediato), que passa a circular mensalmente, e gratuita, no aeroporto internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba. Na primeira edição, de agosto/2017, seções de viagem, moda, beleza, estilo, vinhos, automóveis e crônica. A matéria de capa é com Mel Fronckowiak, apresentadora do programa Destino Certo, da Globosat.

 

 

 

SUCESSO NA HOTELARIA
Experiente e vitorioso profissional da hotelaria, onde milita há mais de 20 anos, Nilson Bernal, que é gerente geral do Bourbon Curitiba Convention Hotel, lançou um livro que já se destaca como referência para quem pretende seguir no ramo hoteleiro, e mesmo em qualquer outra carreira, aproveitando seus ensinamentos. “Para uma trajetória de sucesso na hotelaria”, na definição do autor, “tem em mente a ideia e o desejo de transmitir a síntese de meus conhecimentos e experiências. E alerta: “este livro não é um ‘manual de instruções’ sobre a vida hoteleira; representa um testemunho de vida, de alguém apaixonado pela hospitalidade”.

OS PRIMEIROS PASSOS
A obra de Bernal aborda em 10 capítulos temas como “O que é preciso saber sobre ser hoteleiro”, “Quem manda no seu negócio é o hóspede”, “Expertise nos pontos básicos”, “O constante aprimoramento”, “Para uma carreira de êxito”, “O que realmente importa na hotelaria”, entre outros. Nilson Bernal nasceu em Foz do Iguaçu (PR) em 19/5/1977, filho de um paraguaio e uma brasileira. Menino pobre, trabalhou desde a infância, como vendedor ambulante e participou de um programa de menores aprendizes na Itaipu Binacional. Com 18 anos, conseguiu um emprego no hotel Bourbon de Foz, no caixa do restaurante, como substituto. Começou a se interessar por outros setores e acabou ficando. Começou assim sua trajetória vitoriosa, que registra passagem como gerente por hotéis importantes e prêmios nacionais e internacionais. Bernal vai reverter a venda do livro a uma instituição de apoio a crianças carentes. O exemplar pode ser comprado através do site nilsonbernal.com.br.

SALADA MISTA
Eu gostaria de entender isso: a Prefeitura de Curitiba tem, no seu organograma, um órgão chamado Instituto Municipal de Turismo, com boa equipe e bons serviços prestados à promoção da cidade. Mas tem um roteiro de turismo religioso no Setor Histórico, criado e conduzido pela…Secretaria Municipal da Educação. Agora, leio neste I&C, na coluna da jornalista Adélia Maria Lopes, que foi criado um “roteiro de visitas mediadas ao centro de Curitiba”, com três ramos temáticos “Painéis de Poty Lazzarotto’, “Construção da identidade paranaense” e “Diversidade religiosa”, desenvolvido pela…Fundação Cultural de Curitiba. Nos dois casos, nenhuma citação de parceria com o Instituto Municipal de Turismo. Concorrência interna? Desencontros? Não seria o caso de uma ação conjunta, que, inclusive, permitiria economizar recursos em tempos de crise? Quem sabe o próximo passo é a Secretaria da Saúde promover um roteiro de visitas às UPAs e a de Finanças conduzir os contribuintes pelos meandros do IPTU e ISS. Ou um agradável passeio pelos parques e bosques comandado pela Secretaria do Meio Ambiente. Cada um por si e la nave va.

SPA TANMATRA NO NH
Recentemente inaugurado, o hotel NH Curitiba The Five (r. Nunes Machado, 68, Centro), anuncia o início de operações de seu Spa, o Tanmatra. Administrado pela B.Well, o Spa Tanmatra oferece um menu de terapias que vai desde os serviços tradicionais, com valores mais acessíveis, como massagens relaxantes e com pedras aquecidas, até pacotes de luxo, com cerca de três horas de duração, incluindo sauna aromática, massagem, reflexologia, esfoliação com produtos especiais e outros mimos. Mediante agendamento com personal trainer, o hotel também oferece o espaço fitness que inclui uma relaxante varanda com área verde. “O foco é trabalhar corpo e mente juntos, como uma forma preventiva de saúde, essencial para o bem-estar”.