Convênio entre Governo do Paraná e Volkswagen foi assinado no Palácio Iguaçu. Foto: Jaelson Lucas / ANPr

O Governo do Paraná e a Volkswagen fecharam nesta quarta-feira (8) nova parceria que permitirá que o Hospital Erasto Gaertner, referência no Brasil em tratamento de câncer, ganhe uma Unidade de Cuidados Paliativos, voltada exclusivamente para pacientes com doenças em estágio terminal e seus familiares.

O convênio foi assinado no Palácio Iguaçu, e prevê o investimento de R$ 3,1 milhões por parte da montadora como contrapartida aos incentivos fiscais recebidos em 2018 por meio do Programa Paraná Competitivo, um dos principais atrativos para investimentos do Estado.

A construção da ala começa imediatamente, com previsão de inauguração no dia 9 de dezembro, em comemoração ao aniversário de 47 anos do Erasto Gaertner. De acordo com a instituição, a unidade terá mil metros quadrados, com 26 leitos e capacidade para atender até 700 pacientes.

“A Volkswagen, além de ser uma multinacional alemã, já passou a ser paranaense, está há 20 anos aqui. Nessa compensação ao Estado, entrou como contrapartida esse dinheiro para colaborar com uma instituição de saúde importante como o Erasto Gaertner”, afirmou o governador Carlos Massa Ratinho Junior. “É um avanço na qualidade do atendimento, permitindo um tratamento de qualidade através do SUS”, acrescentou o secretário estadual da Saúde, Beto Preto.

A nova estrutura oferecerá cuidados específicos e amparo psicológico aos pacientes e suas famílias, com o objetivo de amenizar os sintomas da enfermidade, disponibilizando um tratamento humanizado em momento de grande vulnerabilidade. Será erguida onde atualmente funciona o setor administrativo do hospital, do outro lado da Linha Verde.

Os leitos humanizados terão decoração semelhante à de uma casa, com acomodações para acompanhante e espaços de convivência. “Esse convênio é o exemplo político de sucesso da união do público, privado e filantrópico”, ressaltou Adriano Rocha Lago, superintendente do Erasto Gaertner. Segundo ele, a nova unidade permitirá também aumentar o atendimento no centro de tratamento principal do hospital, com a relocação do atual setor paliativo para ala em construção.

Participaram da cerimônia de assinatura do convênio Guto Silva, chefe da Casa Civil do Estado; Fernades dos Santos, diretor-geral da Secretaria da Fazenda; Carlos Emil Kahali, assessor econômico da Secretaria da Fazenda; Nestor Werner Júnior, diretor-geral da Secretaria de Saúde; Antônio Megale, diretor de assuntos internacionais da Volkswagen; Amanda Soldá, relações governamentais da Volkswagen; Priscila Cortezza, diretora de comunicação da Volkswagen; e Fernando Garcia, relações institucionais do Hospital Erasto Gaertner.