https://www.diarioinduscom.com/wp-content/uploads/2017/07/business.jpg

Os curitibanos podem contar com os serviços da Agência Par Ideal, criada pela empresária Sheila Chamecki Rigler em 1995, a ideia que já fazia sucesso fora do país era inovadora na cidade. Ela criou regras próprias para a sua empresa, baseadas nas grandes agências da Europa e dos Estados Unidos. Escolheu o nome de Par Ideal e estabeleceu um método compatível com a realidade da capital paranaense.

A empresa que neste dia 02 de maio comemora 24 anos de sucesso, hoje é considerada a maior e melhor Consultoria em Relações Humanas e Agência de Namoro e Casamentos do Sul do Brasil. Entre outros diferenciais em seu atendimento presencial, é destaque por sua performance nas estatísticas em relacionamento.

Segundo Sheila, “são  2.350 uniões, o que significa a felicidade 4.700 pessoas. Apenas 56 casais se separaram e destas 112 pessoas, 43 retornaram a Par Ideal e 17 já estão casadas novamente”.

Para  Sheila Rigler, proprietária da Par Ideal , “o segredo de sucesso da agência, nestes 24 anos é a seriedade do nosso trabalho, as pessoas passam por um rigoroso processo de cadastramento. Homens e mulheres nos procuram sabem que seus dados não serão repassados a ninguém e que nós checamos as informações dos clientes. Também fazemos apresentações de pessoas que sejam do mesmo nível social, cultural e financeiro”.

Mulheres Empreendedoras recebem homenagem

Aqui as empreendedoras homenageadas pela Câmara Municipal de Curitiba

A Câmara Municipal de Curitiba (CMC) promoveu, no último dia 24,  a sessão solene de entrega do “Prêmio Mulheres Empreendedoras 2019”.  O prêmio homenageia mulheres que se destacaram em atividades de empreendedorismo na direção de empresas, cooperativas, voluntariado e associações curitibanas, assim como nas áreas da indústria, artesanato, comércio e serviços. A cerimônia foi conduzida pelo vereador Tito Zeglin (PDT), 1º vice-presidente da Câmara.

A vereadora Maria Letícia saudou as homenageadas. De acordo com ela, “sempre coube à mulher um papel secundário, mas o empreendedorismo feminino tem funcionado como uma ferramenta de igualdade social”. Para a parlamentar, ainda hoje mulheres chegam a receber salários 50% inferiores aos oferecidos aos homens para o desempenho da mesma função. Outro fator que dificulta a vida das mulheres é a chamada “dupla jornada”, que acontece quando a mulher tem de cumprir obrigações caseiras após o dia de trabalho. Além disso as mulheres têm de lidar com o aumento da violência doméstica e do feminicídio. “Então por que as mulheres empreendem? Porque são idealistas”, disse ela.

Já Joseane Cristina Knop agradeceu em nome das demais homenageadas. Para ela nenhum dever é maior do que a gratidão. “O gesto dos vereadores tem muito mais importância do que uma medalha ou troféu. Ele ficará no coração das homenageadas dessa noite”. Joseane perguntou às suas colegas de prêmio se elas imaginavam, que se tornariam “mulheres bombril” (de 1001 utilidades): dona de casa, amiga, esposa, filha, conselheira, enfermeira e, às vezes, bombeira. “Mas tendo a certeza da missão cumprida no final do dia”. “Fomos reconhecidas em nossas escolhas e temos certeza de que estamos no caminho certo”, concluiu.

As homenageadas foram Maria Dolores Kauling, por Geovane Fernandes (PTB); Marina Massucheto Portella, por Felipe Braga Côrtes (PSD), vereador licenciado; Nadia Hammoud, por Julieta Reis (DEM); Neli Rodrigues da Mata, por Professor Silberto (MDB); Patrícia Aisengart Aciolly, homenageada de Tito Zeglin (PDT); Ramza Calixto Nasser, de Katia Dittrich (SD); Regina Zanchet, de Bruno Pessuti (PSD); Roseni Ribeiro Viana, de Maria Manfron (PP); Suzana de Mello Miranda, de Marcos Vieira (PDT); Tatiana Schuchovsky Reichmann, de Professor Euler (PSD); e Terezinha Pereira Ganem, de Mauro Bobato (Pode).

Também foram indicadas Carla Negochadle, por Fabiane Rosa (DC); Caroline Czelusniak Zambão, por Osias Moraes (PRB); Christiane Pereira da Silva, por Zezinho Sabará (PDT); Eliana de Carvalho Lima, por Ezequias Barros (PRP); Joseane Cristina Knop, por Paulo Rink (PR); Leonice Bertani, por Serginho do Posto (PSDB); Lucimara Krul, por Oscalino do Povo (Pode); Marcia Leocadia Correia, por Toninho da Farmácia (PDT); e Marelisa Volpatok, por Mauro Ignácio (PSB).

Luciana Marsicano fala no Lide Mulher

A diretora-geral da Tiffany & Co., para o Brasil, Luciana Marsicano fala sobre a sua trajetória profissional para filiadas do Lide Muelher

Convidada especial de mais uma edição do encontro promovido pelo Lide Mulher, a diretora-geral para o Brasil da Tiffany & Co., Luciana Marsicano, falou para filiadas, na loja Tiffany do Pátio Batel. No segundo encontro de mentoria promovido pelo grupo, Luciana, uma das dez mulheres mais influentes do Brasil pela revista Forbes, contou às convidadas detalhes de sua carreira, trajetória profissional e sobre os produtos da joalheria em que está à frente, no país, há sete anos.

“Um sonho enriquecedor” é como Luciana definiu seu trabalho na Tiffany, uma marca, segundo ela, de sonhos de amor, celebração e design. “Transformei-me dentro da marca. De fato, a Tiffany é uma marca global que precisa honrar sonhos e transformações”, disse. Do início da vida aos desafios naturais que surgiram, Luciana disse ter sempre contado com o apoio dos pais, embora ela tenha sempre que ter sido muito criativa em suas buscas, e como o desenvolvimento intelectual foi essencial nesse processo.

Formada em administração de empresas pela FGV-SP e interessada pelo universo da moda e do luxo, Luciana buscou uma pós-graduação no conceituado Fashion Institute of Technology, em Nova York. Ao concluir o curso focado em compras e merchandising, retornou ao país. O ano era 1993 e a jovem se deparou com um Brasil recessivo e ainda pouco desenvolvido, pós-abertura recente do mercado às importações. Foi assim que ela enveredou para o setor de consumo e entrou como trainee na Ambev. “Foi muito bacana ter trabalhado lá, uma das minhas primeiras grandes escolas”, disse. Ainda faz parte de sua trajetória profissional como executiva de negócios e marketing grandes companhias de consumo, tais como: Diageo, Pepsico, Reckitt Benckiser, Redecard e Mundial.

Peça-chave na estratégia de crescimento da joalheria mais prestigiada do mundo e grande especialista em gestão de marcas, Luciana deixou uma mensagem às convidadas do evento. “É preciso abrir espaço em nossas agendas para sermos melhores ouvintes. A Tiffany é uma marca incrível, uma marca de amor, com peças para todo mundo, não só diamantes”, concluiu.

O Lide – Grupo de Líderes Empresariais é, atualmente, presidido por Luiz Fernando Furlan (chairman do Lide e presidente do LIDE Internacional) e por Roberto Giannetti da Fonseca (vice-chairman). O grupo conta com mais de 1.700 empresas filiadasAs atividades do Lide Paraná têm o patrocínio de gestão da Renault e o a AYoshii é a patrocinadora do Lide Mulher no estado.

O Lide Mulher Paraná tem como propósito incentivar, por meio de encontros como esse, mulheres a se inspirarem na busca pela liderança em cargos de chefia, ressaltando o empoderamento no meio empresarial.

Carmen Steffens desfila no Curitibano

Conhecido como um dos eventos mais frequentados do Clube Curitibano, o “Chá Para Todos” de abril foi realizado na  quinta-feira (25). Além de ficar em dia com as tendências da moda, o evento reúne associadas e convidadas em um delicioso chá da tarde em companhia agradável.

A segunda edição de 2019 do Chá Para Todos teve desfile da marca Carmen Steffens, que levou à passarela do Salão Poty Lazzarotto, no Clube Curitibano, bolsas, sapatos e roupas exclusivas. A marca se orgulha por ser uma grife com DNA brasileiro e é conhecida por ser a queridinha de celebridades como Madonna, Jennifer Lopez, Paris Hilton e Eva Longoria.

A grife desfilou sua coleção de alto inverno. A franqueada e sócia proprietária da marca em Curitiba, Tatiana Nikolaus, falou sobre o que se pôde conferir no desfile. “Esta coleção está bem glamourosa e cheia de estilo. Trouxemos couro, camurça, lurex, muito animal print, listras e florais, sempre com um toque de exclusividade. Esta é a segunda vez que eu participo desse grande evento e é uma honra estar aqui”, afirmou.

Advogadas lançam cursos

Advogadas Letícia Marques e Graciela Iurk Marins

O ACTO – Instituto de Direito Aplicado, idealizado pelas advogadas Graciela Iurk Marins e Letícia Marques, abre sua programação no mês de maio, trazendo dois cursos de interesse prático aos profissionais do Direito: Negócios Processuais, com o professor Sandro Gilbert Martins, e Planejamento Sucessório, com o professor Marcelo Bürger.

“A qualificação e atualização são prioridades num mercado cada vez mais competitivo. E também são essenciais para a consolidação de uma carreira de sucesso em qualquer área de atuação”, destacam as advogadas.  O objetivo do Instituto ACTO é oferecer, por meio dos melhores professores, conhecimento direcionado à resolução dos problemas cotidianos da advocacia, apresentando modelos e dicas que facilitarão a boa prática jurídica.  “Nosso foco é a excelência no conteúdo, no material das apresentações e no conforto das instalações”, assinala Letícia Marques, completando ainda que a seleção dos cursos e dos profissionais que ministrarão as aulas leva a assinatura da advogada Graciela Marins.