Papa Francisco rejeita proposta que permite ordenação de padres casados na Amazônia

388

O papa Francisco rejeitou uma proposta permitindo que homens casados sejam ordenados padres na região da Amazônia, onde há uma escassez crônica de clérigos da Igreja Católica Apostólica Romana.

A proposta foi levada adiante por uma assembleia de bispos de várias partes do mundo em outubro passado.

Na quarta-feira, o sumo pontífice deu sua resposta por escrito. No documento, ele não mencionou o pedido e tampouco fez alguma mudança à regra existente há quase 900 anos de que padres não podem contrair matrimônio.

Aparentemente, diversas autoridades da Igreja Católica são veementemente contrárias à proposta. Em janeiro, o ex-papa Bento 16, que deixou o posto em 2013, expressou sua oposição à ideia.