O papa Francisco se encontrou com o premiê da Tailândia, Prayut Chan-o-cha, na quinta-feira, em seu segundo dia de visita ao país.

Em discurso pronunciado depois de suas conversações com Prayut, ele tocou nas questões de refugiados e de migração, que é o ponto central de sua missão. A Tailândia é conhecida como um destino importante de refugiados e migrantes, bem como de vítimas de tráfico humano.

O papa disse: “Expresso a esperança de que a comunidade internacional atue com responsabilidade e visão do futuro, trabalhe para solucionar questões que levaram a este trágico êxodo, e promova uma migração segura, ordenada e regulamentada”.

Posteriormente, o pontífice se encontrou com o líder supremo do budismo tailandês em um templo na parte central de Bangkok. Ele manifestou seu desejo de aprofundar o diálogo entre a igreja católica e os budistas. Também pediu cooperação na resoluções de questões como da pobreza e do meio ambiente.

O papa Francisco deverá deixar a Tailândia com destino ao Japão no sábado.

Com NHK