Painéis para a casa toda

764

Uma opção inteligente para trabalhar projetos de interiores, e também de áreas externas, é a do uso de painéis de madeira reconstituída – como os painéis de MDP e de MDF. E isso não apenas em peças de mobiliário, sejam planejadas, feitas em marcenaria ou adquiridas prontas diretamente das lojas ou e-commerce, mas também com os painéis aplicados como revestimentos de paredes, tetos e também como divisórias de ambientes e como portas, organizando os espaços.

Esta edição da CASACOR Paraná, que se realiza até 1º de julho na sofisticada mansão localizada na Rua Sergio Pereira da Silva, 10, no bairro Pilarzinho, traz ideias inspiradoras mostrando as possibilidades do uso de painéis em projetos de arquitetura e interiores, mostrando também o vasto portfólio de opções de revestimentos e texturas disponibilizados ao mercado – os revestimentos vão de madeirados e fantasia, como padrões de tecido, pedra, metais e inclusive híbridos, até cartelas de unicolores, com diferentes acabamentos, e mesmo aplicações naturais. A tendência vale também para espaços corporativos. Trazemos aqui uma seleção de propostas irresistíveis.

O toque sensorial dos padrões de tecido

Padrões de revestimento que remetem ao visual e ao toque delicado e aconchegante dos tecidos estão em alta. Os painéis de madeira com esta opção de revestimento funcionam muito bem em armários, closets e também como revestimento de parede e teto, como mostram dois ambientes da CASACOR Paraná, com o uso do mesmo painel, em aplicações diferentes. No sofisticado ambiente da Bilheteria e Lounge, assinado pela designer Joyce Stroka e pelo arquiteto Thiago Guidolin e inspirado na decoração marroquina, em especial, no museu Yves Saint Laurent, em Marrakech, o revestimento nas paredes e nichos é feito com o painel Nobile, lançamento 2018 da Duratex com o decor Crusoe, criado pelo arquiteto italiano Luca Tormena para a Interprint.

Em uma aplicação mais íntima e acolhedora, com muita sofisticação, o mesmo painel foi escolhido por Alessandra Gandolfi em seu ambiente Suíte de Hóspedes. No projeto, recém-premiado pela CASACOR, a arquiteta procurou evidenciar tendências, materiais, acabamentos e texturas, expostas de um modo diferente do habitual. O armário, onde está aplicado o painel Nobile da Duratex, com o decor Crusoe, recebe portas transparentes e gaveteiros e prateleiras mais soltas.

Bilheteria, por Joyce Stroka e Thiago Guidolin: revestimento de paredes e nicho com o painel Nobile, lançamento da Duratex com o decor Crusoe, da Interprint. Crédito: Eduardo Macarios
Suíte de Hóspedes, por Alessandra Gandolfi: o painel Nobile, com refinado padrão de tecido, aplicado no armário, realça a proposta de elegância, com valorização da textura. Crédito: Eduardo Macarios
Detalhes do painel Nobile nos ambientes da Bilheteria e da Suíte dos Hóspedes, na CASACOR Paraná: diferentes aplicações, com valorização do toque e da percepção sensorial. Crédito fotos: Divulgação
Detalhes do painel Nobile nos ambientes da Bilheteria e da Suíte dos Hóspedes, na CASACOR Paraná: diferentes aplicações, com valorização do toque e da percepção sensorial. Crédito fotos: Divulgação
Detalhes do painel Nobile nos ambientes da Bilheteria e da Suíte dos Hóspedes, na CASACOR Paraná: diferentes aplicações, com valorização do toque e da percepção sensorial. Crédito fotos: Divulgação

O calor envolvente da madeira

No ambiente Bistrot & Bar Arauco, o arquiteto Eduardo Mourão trabalhou uma refinada composição, combinando dois padrões madeirados e compondo o espaço com belas obras de arte. No espaço, ele utilizou o padrão Norus, lançamento da Arauco com primeira apresentação ao mercado na CASACOR Paraná, dentro da Coleção Lihat. “Trata-se de uma padrão inovador, que reproduz a técnica japonesa de carbonização, em que a tonalidade escura traz os veios com um efeito claro, quase metalizado, em um resultado elegante e, ao mesmo tempo, suave e luminoso”, explica Solon Cassal, gerente de produto e especificação da Arauco do Brasil.

Para um belo efeito de contraposição, Eduardo Mourão trabalhou também com um madeirado claro, no nicho ao fundo, com veios marcados e nuances de luminosidade. O arquiteto optou pelo painel Truffel, também da Arauco, com decor Interprint. A iluminação spot lighting envolvente valorizou o espaço e o jogo de texturas obtido por Eduardo Mourão.

Bistrot & Bar Arauco, por Eduardo Mourão: a textura quente e refinada da madeira em versões escuras, como o lançamento Norus, e claras, como o painel Lihat, ambos da Arauco. Crédito foto: Divulgação

Painéis para áreas externas

O ambiente Espaço Renault, por Christian Schönhofen e Richard Schönhofen, trabalhou diversos elementos, como o mármore e os painéis de madeira, de forma ornamental, em uma proposta que uniu sofisticação em estado da arte com os conceitos de aconchego e bem-estar. Na área externa do espaço, com integração indoor-outdoor, os arquitetos criaram um conjunto de bancos (à direita na foto) com superposição de 30 camadas do Super MDF da Arauco do Brasil, painel com alta resistência à umidade. No ambiente interno, eles utilizaram os padrões Lassen e Nude no revestimento das paredes e Fresno Negro na escrivaninha.

Espaço Renault, por Christian Schönhofen e Richard Schönhofen: bancos autorais na área externa feitos de Super MDF Arauco, com alta resistência à umidade. Crédito foto: Divulgação

Textura sincronizada para realidade visual e tátil

O espaço da Livraria na CASACOR Paraná, projetado por Katleen Luizaga, traz o painel Baviera da Guararapes. “É um padrão extremamente sofisticado, inspirado na nobreza da nogueira italiana. Possui uma tecnologia de produção que possibilita que a textura seja perfeitamente sincronizada com o desenho nas duas faces, garantindo um toque com aspecto de lâmina natural”, explica Jéssica Hori, analista de marketing da Guararapes. Para compor, a designer de interiores escolheu o padrão Grafite, da linha Colors da Guararapes.

Livraria, por Katleen Luizaga: composição do padrão Baviera, com textura sincronizada, com o unicolor Grafite, da Guararapes. Crédito foto: Divulgação