Foto:Cesar Brustolin/SMCS

No ultimo sábado (14/9), a Praça Oswaldo Cruz terá uma programação especial, voltada para a inclusão por meio do esporte. Quem passar por lá poderá praticar modalidades paradesportivas, como basquete em cadeira de rodas, vôlei sentado, bocha paraolímpica e futebol de cegos.

As atividades ocorrerão das 9h às 12h, mesmo horário para as inscrições da Primeira Corrida da Inclusão de Curitiba, Runviver, que acontecerá no próximo dia 21 de setembro, um sábado, no Parque Barigui.

A 1ª Ruviver celebra o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência e é organizada pela Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude, com o apoio da Diretoria da Pessoa com Deficiência.

“A ideia é inclusão e de fazer os participantes se colocarem um pouco no lugar das pessoas com deficiência que praticam esportes, criar empatia”, diz Carlos Pijak, diretor de Esporte, da Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude.

Além das vivências de paratletas, quem passar na Oswaldo Cruz poderá conhecer um pouco dos trabalhos e serviços desenvolvidos por instituições conveniadas à Prefeitura.

Uma corrida diferente e inclusiva
A Runviver é uma corrida de duplas em três modalidades: duas pessoas com deficiência, dupla com ao menos uma pessoa com deficiência ou dupla formada por dois corredores convencionais, onde um dos integrantes deverá vivenciar a deficiência visual, correndo com uma venda.

“Ao longo do percurso, a dupla poderá trocar de papel, para que os dois integrantes possam viver esta experiência”, explica Pijak.

As distâncias da Runviver serão de 5km e de 2km, com largada em frente ao Salão de Atos do Parque.

Inscrições da Runviver
As vagas para a 1ª Corrida da Inclusão são limitadas a 1.200 corredores (600 duplas). Interessados deverão comparecer pessoalmente na Praça Oswaldo Cruz, neste sábado

A corrida é aberta para participação de crianças, jovens, adultos e idosos. Basta apresentar um documento oficial de identificação com foto.

Para a inscrição dos menores de idade, é obrigatória a presença dos pais ou responsáveis legais.

Não tem dupla? Arrumamos uma!
Se você não tem uma dupla, mas gostaria de participar, a Diretoria da Pessoa com Deficiência apresentará algumas pessoas que se disponibilizaram a formar duplas com os corredores convencionais.