Os dirigentes da CBF perderam a bussola há anos e os profissionais do VAR estão perdidos no Brasil

Nesta terça-feira na Câmara dos Deputados em Brasília, audiência pública irá debater o Protocolo e/ou funcionamento do VAR. O detalhe é que, os instrutores da CBF que ministraram cursos do VAR para os árbitros da entidade, Alício Pena Júnior, Manoel Serapião e Sérgio Corrêa não constam na lista de debatedores. Somente o triunvirato nominado pode explicar o fracasso retumbante da arbitragem no entendimento e manuseio do Árbitro Assistente de Vídeo no Campeonato Brasileiro de Futebol da CBF. Portanto, a audiência em tela fica esvaziada em função da não presença daqueles que treinaram os árbitros.
por @grassi_m com foto do AGB/Geraldo Bubniak e informações do instagram @valdircbicudo