A Associação Musical Alegro promove, de 13 a 18 de novembro, o Festival da Orquestra Jovem Alegro, com 75 músicos selecionados entre jovens talentos do país. Regência do maestro Thiago Santos e participação do solista Alejandro Aldana, violinista argentino.

Promovido pela Associação Musical Alegro, o espetáculo é gratuito e aberto ao público.  A instituição foi criada em 2016 pelo músico britânico radicado em Curitiba Edward Matkin, que diz: “Não somos apenas uma organização que proporciona educação em música erudita a crianças que vivem em situação de risco no Paraná. Somos uma associação com visão, missão e metas fincadas na transformação de realidades sociais por meio da educação musical”.

Com entrada franca, no encerramento do festival, às 20h no Teatro Positivo, a Orquestra Jovem Alegro fará concerto tendo no programa Concerto n.1 para violino em sol menor op.26, de Max Bruch, Suite O Pássaro de Fogo, de Stravinsky, e  Romeo e Julieta, de Tchaikovsky.

Silva Jardim será fechada para show

Nos dias próximos dias 9 e 10, às 20h, acontece o espetáculo Presente para o Futuro – uma projeção de luzes, música e dança, também com partes ao vivo, na fachada do Hospital Pequeno Príncipe, em comemoração dos seus cem anos. Haverá bloqueio para entrada e saída de veículos na Silva Jardim, entre as ruas Des. Motta e Brig. Franco, das 17 às 23h. Entradas de emergências e internações, ficam abertas.

Durante 45 minutos, o público verá atuação de atores representando o Príncipe e a Raposa, personagens do livro de Saint Exupéry que inspira o nome da instituição, e de Ety Cristina Forte Carneiro, presidente voluntária há 53 anos da Associação Hospitalar de Proteção à Infância Dr. Raul Carneiro, mantenedora do hospital.