Oito presos do PCC e PGC fogem por buraco na cadeia

574

Na madrugada desta sexta-feira (06), agentes do Depen, que são responsáveis pelos detentos, escutaram barulhos e movimentação estranha nas dependências da cadeia pública da cidade.

Ao verificarem, descobriram que oito presos haviam fugido, eles estavam em uma ala conhecido como ‘Seguro”, informações dão conta que seriam integrantes de fações criminosas, do PCC, Primeiro Comando da Capital e do PGC, Primeiro Grupo Catarinense.

Os presos fugiram após abrirem um buraco na parede, que dá acesso ao terreno ao lado da delegacia, estranho é que as câmeras de monitoramento estão desativadas, a justificativa é que a estrutura da cadeia passa por reformas.

A capacidade da cadeia pública de Marechal Rondon é preparada para abrigar 18 presos, mas tem 118 presos.

Neste momento, Polícia Militar, Polícia Civil e BPFron estão em diligências pelo município e região para tentar recapturar os fugitivos.

Polícia divulga nome dos fugitivos

Valdemar Ullrich de Oliveira, Lucas Pereira Duarte, Silvio Maximiano Vieira de Moura, Artur Brito Alves, Andrei José Vicente, Gilson Rogério da Silva, Willian Rosa Camargo e João Paulo Ribeiro da Rosa.

O fugitivo Artur Brito Alves apresentou identidade falsa, o nome verdadeiro é Eric Pereira do Nascimento.

Portal Palotina