O vai e vem da inadimplência

503

A administração financeira é requisito fundamental para manter o orçamento com saldo positivo, seja na gestão pública ou na casa de qualquer família. Muita gente, porém, não tem muita noção a esse respeito. Existem milhões de cidadãos endividados e sem saldo para resolver imprevistos do dia a dia, principalmente em países como o Brasil, que, além de possuir problemas históricos como a concentração de renda, os altos impostos e as taxas absurdas de crédito, ainda sente os efeitos devastadores de uma recessão econômica sem precedentes que só agora começa a perder força.

Segundo informações da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), elaborada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e divulgada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR), mostram que 89,2% das famílias do Estado possuíam algum tipo de dívida em novembro. O que fazer em meio a uma dificuldade tão grande? Planejamento é a resposta! Somente assim é possível deixar o orçamento equilibrado, com saldo positivo e projeções animadoras. Quando o brasileiro aprender a planejar seus gastos, certamente a economia será mais sólida e estável.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorTransição tranquila
Próximo artigoCâmara e Senado