campana

osmar-alvaroOs irmãos Alvaro Dias, do PV, e Osmar Dias, do PDT, planejam voltar ao poder no Paraná. Sonho antigo, nunca realizado. Alvaro perdeu uma disputa ao governo e Osmar perdeu duas. Mas agora confiam na boa chance que os dois têm.

A primeira etapa é a das eleições municipais de outubro. Alvaro, no programa do PV na TV, apoia a reeleição do prefeito Gustavo Fruet, do PDT – partido do irmão Osmar – e indica o vereador Paulo Salamuni, do PV, para vice. Alvaro também convidou Alexandre Kireeff, do PSD, prefeito de Londrina para o PV. -E sonda prefeitos e candidatos com potencial de votos nas grandes cidades para migrarem ao PV ou ao PDT do irmão Osmar.

Alvaro se diz candidato a presidente da República. Neste caso, Osmar seria o candidato a governador. “Agora, só falta combinar com Requião e com os eleitores”, diz um tucano de humor ferino.

Contas em dia

Ontem, no Palácio Iguaçu, durante o anúncio do aumento de 10,62% e mais o pagamento do terço de férias aos servidores estaduais, o secretário da Fazenda, Mauro Ricardo, reafirmou aos jornalistas que o Paraná inicia 2016 sem dívidas. Mauro Ricardo disse que todas as contas com fornecedores, empresas contratadas e prestadores de serviços, que chegaram a mais de R$ 2 bilhões em 2015, foram quitadas integralmente. Segundo Mauro Ricardo, mais um resultado do ajustes fiscal do governador Beto Richa.

Traiano comemora Ramon

O ex-procurador-geral da Assembleia Legislativa, Ramon de Medeiros Nogueira, tomou posse como desembargador do Tribunal de Justiça. “Quem ganha é o Tribunal de Justiça com esta brilhante escolha. É motivo de orgulho termos como desembargador um advogado talentoso que já contribuiu muito com a Assembleia Legislativa do Paraná como seu procurador geral.”, disse o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano (PSDB).

Delcídio não delata

Integrante da equipe de defesa do senador Delcídio Amaral (PT-MS), o advogado Antônio Figueiredo Basto assegurou que o petista não irá recorrer à delação premiada. O senador está preso desde o último mês de novembro sob a acusação de tentar atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato. “Esquece delação, não tem delação. Não precisa neste caso porque entendemos que temos condições de fazer uma ótima defesa dele”, afirmou Figueiredo Basto.

Marqueteiro novo

Em busca da candidatura à presidência, senador que acaba de deixar o PSDB já participou do programa partidário do PV, partido ao qual deve se filiar nos próximos dias; programa conta, nos bastidores, com a colaboração do publicitário Pedro Guadalupe, conhecido em alguns meios da internet como marqueteiro do PSDB; Guadalupe é autor de jingles que ficaram famosos em 2014, como o ‘Funk do Aécio’, ‘Eduardo, o Jorge’ e ainda ‘Faroeste Caboclo do Lula’

Sigla nova

Roberto Freire convidou Cristovam Buarque a deixar o PDT e migrar para o PPS. O convite abre uma possibilidade para que Cristovam se candidate a presidente pelo partido em 2018 — o que é praticamente impossível no PDT, que está acertado com Ciro Gomes.

Quer o dele

Romero Jucá já deu sinais de que toparia uma aliança com Michel Temer, a despeito do interesse de seu aliado Renan Calheiros em se afastar de Temer. A Jucá, interessaria muito ser vice-presidente do PMDB. Se Temer assumir a presidência da República, Jucá herdaria o partido.

Defesa de Dilma

A equipe que advoga para Dilma Rousseff no TSE está concluindo as peças de defesa que serão entregues à corte em fevereiro. De acordo com os advogados, as tentativas classificadas de políticas, de misturar a Lava-Jato com a campanha, não vão ter sucesso na corte.Na peça de defesa, os defensores argumentarão que o foro da Lava-Jato é a Justiça comum e que nem Dilma e nem Michel Temer foram citados em delações.

Mal vindo

O lobista e ex-consultor da Toyo Setal Julio Camargo foi expulso por clientes de um restaurante na ilha da Gipoia, em Angra dos Reis, Rio de Janeiro, ontem. Camargo deixou o restaurante aos gritos de “pilantra”, “picareta” e “tornozeleira”.

Petrobrás diminui

A Petrobras anunciou nesta terça-feira que seu Conselho de Administração aprovou novos cortes nos investimentos da companhia para os próximos anos, tendo em vista a forte queda dos preços do petróleo e a valorização cambial. Segundo fato relevante ao mercado, no período 2015-2019, os investimentos totais cairão a US$ 98,4 bilhões, contra os US$ 130,3 bilhões previstos anteriormente.

Redução drástica

O corte de US$ 32 bilhões é equivalente a uma redução de 24,5% ante o plano inicial da Petrobras, divulgado em junho passado. No plano para 2014-2018, a companhia chegou a prever investimentos de US$ 220,6 bilhões.

Jogo de pressão

De Fruet, sobre a greve de motoristas e cobradores em Curitiba, via Facebook: “Empresas estão descumprindo determinação judicial para manter em circulação 50% da frota no horário de pico. Informações do Centro de Controle Operacional da Urbs estão sendo repassadas à Justiça, com pedido de providências.

URBS em dia

Urbs está rigorosamente em dia com pagamento às empresas. Porém, algumas delas não fizeram pagamento dos salários de motoristas e cobradores.

Pressão de empresários

“Estranha o fato de empresas terem feito o pagamento a funcionários da região metropolitana e não terem feito para os da capital. Empresas que atuam nas duas áreas. Os empresários estão buscando uma pressão por uma tarifa técnica de R$ 4 e nós não vamos ceder”, disse Roberto Gregório, presidente de URBS. A paralisação de motoristas e cobradores, deflagrada a zero hora desta terça-feira, 12, atingiu a 395 linhas de ônibus que atuam em Curitiba e pegou muita gente de surpresa.

Tucanos na roda

Pois, pois, chegou a vez dos tucanos. Antes de fechar acordo de delação premiada, Nestor Cerveró, ex-diretor da área Internacional da Petrobras, contou à Procuradoria Geral da República (PGR) que a venda da petrolífera Pérez Companc, em 2002, envolveu pagamento de propina de US$ 100 milhões ao governo do então presidente Fernando Henrique Cardoso, conforme publicou o jornal “Valor Econômico”. A empresa argentina foi comprada pela Petrobras por US$ 1 bilhão.

Valério, de novo

À essa altura do campeonato da corrupção nacional, uma delação premiada de Marcos Valério, condenado a 37 anos pode mandar mais gente para cadeia e explicar devidamente a conexão entre mensalão e o petrolão. A lei que trata sobre delação permite que o acordo seja celebrado mesmo depois da sentença. Em 2005e 2012, ele já tentara a delação, não aceita. Detalhe: Valério foi o primeiro, há anos, a revelar a participação de José Carlos Bumlai no propinoduto.

TQQ

É dessa maneira que diretores e técnicos da Petrobrás chamam o presidente Aldemir Bendine, que cumpre na estatal o que é rotulada de “semana parlamentar”: só terça, quarta e quinta.

Lembrando Brizola

Juliana Brizola, deputada estadual (RS) lança, ainda este semestre, em parceria com a jornalista Rejane Guerra, o livro Meu avô Leonel – Frases, causos e depoimentos, que consumiu dez anos de pesquisas. Atinge o período que antecedeu o golpe militar até sua morte em 2004. Nele, algumas frases que se tornaram famosas: sempre que seu aliado deixaria seu grupo político, “ele está costeando o alambrado”; Lula foi chamado de “sapo barbudo”; Garotinho “é como uma bola, não tem lado e é oco por dentro”; e Moreira Franco era o “gato angorá”. No final, dizia que “o PT é a UDN de tamanco e macacão”.

É a crise

Para quem não tem idéia da crise: 2015 fechou com mais de mil concessionárias de automóveis cerrando suas portas em todo o país.

Enroladas e pagas

Nove empreiteiras enroladas na Lava Jato levaram, em 2015, nada menos do que R$ 1,2 bilhão em recursos públicos. A Queiroz Galvão recebeu sozinha R$ 421,3 milhões, seguida pela Odebrecht com R$ 269,6 milhões. Já a OAS, em recuperação judicial, levou R$ 24,8 milhões e a Galvão Engenharia, outros R$ 42 milhões.

Farra dos cartões

Desde 2003, quando Lula assumiu o governo, as faturas dos cartões corporativos somaram R$ 655,9 milhões, chegando a R$ 80 milhões em 2010, ultimo governo de Lula. No primeiro ano de seu governo, as faturas fecharam em R$ 9 milhões. Em 2015, os gastos do governo com cartões somaram R$ 56,2 milhões. Desse total, R$ 15 milhões foram da Presidência da Republica que protege a quantia com o rotulo de “segredo de Estado”.

Meirelles convidado

Só agora é que se sabe que, quando Joaquim Levy avisou, oficialmente, que iria deixar o governo, Dilma Rousseff, pressionada por Lula, convidou Henrique Meirelles para ocupar o Ministério da Fazenda e pilotar a crise. Só que o ex-presidente da BC recusou o convite: sabia que jamais teria autonomia no cargo e queria trocar toda a equipe, inclusive o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa que acabou sendo o novo titular porque não havia outro á vista.

Homem-bomba

Preso em 2014 e condenado em primeira instancia a 16 anos de prisão, Leo Pinheiro (OAS), se continuasse preso poderia protagonizar uma das delações premiadas mais explosivas da Lava Jato, o que fica evidenciado só com as mensagens trocadas por ele e autoridades (relatório de 600 páginas).

Compras

O Supremo Tribunal Federal acaba de empenhar R$ 615 mil para a compra de quatro carros do tipo sedã grande, da marca Hyundai, do modelo Azera. Já o Senado vai desembolsar quase R$ 500 mil com sofás diversos e cadeiras de escritório. Já a Câmara dos Deputados reservou R$ 4 milhões para a compra de novos aparelhos telefônicos: serão 5,8 mil unidades.

Outro Conselhão

O chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, está recrutando nomes para formar um novo Conselho de Desenvolvimento Social, composto de 88 membros, empresários e trabalhadores, que desde os tempos de Lula jamais conseguiu produzir alguma coisa aproveitável. O Conselhão, como é chamado, não se reúne desde 2014 e tinha entre seus membros José Carlos Bumlai e Marcelo Odebrecht

Factóide

O prefeito Fernando Haddad, candidato à reeleição em São Paulo, não sabe mais o que fazer para dar alguma força à sua candidatura. Agora, baixou uma portaria que destina 30% dos postos de trabalho nas empresas de ônibus de São Paulo ás mulheres. Só que não estipulou prazos e punições a quem não cumprir a medida. As motoristas paulistanas já entenderam que é pura demagogia de ano eleitoral.

Até Mariana

O filme Spotlight – Segredos Revelados está sendo considerado, por quem acompanha o jornalismo e suas boas causas, como uma das melhores produções desde Todos os Homens do Presidente sobre Watergate. A apuração dos repórteres especiais do Boston Globe descortinou os abusos de padres contra crianças, o que provocou um efeito dominó no resto do mundo, chegando mesmo a cidade mineira de Mariana, como mostram os créditos finais do filme.

Esportes a nu

A turma dos nudistas da Praia do Abricó, no Rio, quer aproveitar o clima da Olimpíada e promover os Jogos Olímpicos Naturalistas por lá, na mesma época. Ainda não decidiram quais esportes serão disputados, mas vôlei, surf e natação são os mais cotados. Não há uniforme, claro: os atletas participarão au naturel..

De volta

O deputado Paulinho Pereira da Silva, do Solidariedade, licenciado da presidência da Força Sindical, vai reassumir o cargo com grande festa dia 28 em São Paulo. Chegou à conclusão que tem mais protagonismo na entidade do que apenas parlamentar. Detalhe: tucanos estarão em peso na nova posse de Paulinho, parceiros de batalhas contra Dilma.

Difícil

Pesquisas qualitativas encomendadas pelo PT sinalizam que, mesmo que a economia dê alguns respiros entre 2016 e 2017, a presidente Dilma não deverá se recuperar, devido a sucessão de escândalos e a imagem de ter mentido em sua campanha e a traição já estar cristalizada entre os eleitores.

Para comparar

Para quem insiste em usar as reservas de R$ 370 bilhões para ampliar o crédito para o setor produtivo: só a divida da Petrobrás atinge hoje a casa de R$ 513 bilhões.

Alguém entende

A presidente Dilma Rousseff disse uma coisa e, logo após, o seu oposto. Ficou difícil entender. Ela disse: “Nós precisamos encarar a reforma da Previdência”, com a fixação da idade mínima, para em seguida dizer que “outro caminho é o 85/95”. As duas afirmações se anulam. A segunda fórmula é deixar tudo como está, porque é isso que vigora desde que foi derrubado o fator previdenciário.

Super- produção

Wicked, musical que faz uma releitura do clássico O Mágico de Oz, recebeu autorização do Ministério da Cultura para captar R$ 15,5 milhões de patrocínios e já conseguiu apoio de R$ 8,9 milhões, o maior deles da Bradesco Vida e Previdência, com R$ 7,2 milhões. As demais empresas são BSP Affinity, Qualicorp e Raizen Combustíveis.

Quem

Quem coordenou o processo de transferência da área financeira da Petrobrás do Rio para Salvador foi João Carlos Ferraz. Para quem tem memória curta: Ferraz foi o primeiro presidente da Sete Brasil, indicado por Sergio Gahrielli. Fez delação premiada no ano passado, se comprometeu a devolver R$ 3 milhões e repatriar US$ 1,9 milhão.

Pode complicar

O que pode complicar a situação de Jaques Wagner no cargo é a conversa com Leo Pinheiro (OAS) onde pede que ele interceda no Ministério dos Transportes pela liberação de recursos da ordem de R$ 41,7 milhões. Wagner responde positivamente à solicitação. Se os recursos foram pagos em detrimento de outras despesas urgentes, devido ao pedido do político baiano, caracteriza tráfico de influência.

Transtornos

Se o Banco Central precisa de sinal verde para subir taxas de juros, da presidente e do ministro da Fazenda, metade do efeito benéfico do aperto monetário se perde. Se, ao mesmo tempo, o ministro da Fazenda está ampliando o acesso ao crédito subsidiado, a outra metade também se perde. Restam apenas os efeitos colaterais do remédio amargo que é a elevação da taxa de juros.

Frases

“O impeachment está morto, mas não enterrado.”

Lula, para quem Dilma precisa conquistar novo voto de confiança da população.

“Esquece delação, não tem delação. Não precisa neste caso porque entendemos que temos condições de fazer uma ótima defesa dele.

Do advogado Antônio Figueiredo Bastos, integrante da equipe de defesa do senador Delcídio Amaral (PT-MS).